Conheça a Coleção VIU

Para as crianças, a LEITURA e a CRIAÇÃO DE IMAGENS não têm fronteiras! Mas podem ser aguçadas com um olhar sensível para os desenhos que compõem o mundo à nossa volta.

O Instituto Arte na Escola e a BIC® têm o enorme prazer de lançar a COLEÇÃO VIU, que traça um percurso imagético para adultos e pequenos caminharem juntos e expandirem sua percepção sobre três elementos da linguagem visual: a LINHA, a COR e a FORMA.

Publicada pela Editora Peirópolis e produzida com apoio do Estado de São Paulo e do Condeca, a COLEÇÃO VIU coloca as crianças em contato com três artistas brasileiros da contemporaneidade: EDITH DERDYK, PAULO PASTA e GUTO LACAZ.

No dia das crianças, os três artistas-autores participarão de uma LIVE para celebrar a imaginação infantil e conversar sobre leitura e produção de imagens na infância!

12 de outubro de 2020, às 17h
Link de acesso da Live: https://youtu.be/bX6p44uFGzQ

Professores que tiverem interesse em receber certificado de participação devem se inscrever pelo link: http://bit.ly/colecao_viu

 

 

Em breve: coleção VIU v.1 cor / Paulo Pasta

  

Clique para visualizar a amostra do vol. 1 / Cor

 

Em breve: coleção VIU v.2 forma / Guto Lacaz

 

Clique para visualizar a amostra do vol. 2 / Forma

 

Em breve: coleção VIU v.3 linha / Edith Derdyk

 

Clique para visualizar a amostra do vol. 3 / Linha

 

Conheça mais materiais dos autores

 

A COR DA CRIAÇÃO (Paulo Pasta)

Ficha técnica

Gênero: Documentário com depoimento do artista em seu ateliê.
Palavras-chave: Projeto poético; diálogo com a matéria; silêncio; repertório pessoal e cultural; referências de artistas; cor; pintura; experimentação.
Foco: Processo de Criação.
Tema: A pintura de Paulo Pasta focalizando cor, forma, espaço e seu processo de criação.
Artistas abordados: Paulo Pasta, Henri Matisse, Claude Monet, Carlo Carrà, De Chirico, Giorgio Morandi, Amilcar de Castro e os escritores Pedro Nava e Manuel Bandeira.
Indicação: A partir da 1ª série do Ensino Fundamental.
Direção: Cacá Vicalvi.
Realização/Produção: Rede SescSenac de Televisão, São Paulo.
Ano de produção: 2001.
Duração: 23’.
Coleção/Série: O mundo da arte.

Doc: A COR DA CRIAÇÃO (Paulo Pasta)Material educativo: A COR DA CRIAÇÃO (Paulo Pasta)

Sinopse

Composto por três blocos, o documentário apresenta, no primeiro, o artista Paulo Pasta trabalhando em seu ateliê. Ele comenta sobre seu processo de criação e sua paixão pela cor, sem contorno, sombras ou perspectivas. No segundo bloco, conhecemos sua história, as influências em sua construção poética, desde Matisse e Monet, presentes na coleção Grandes gênios da pintura, até a pintura metafísica na década de 80. O procedimento técnico e inventivo do artista é apresentado no terceiro bloco, assim como seu contato com a literatura. A busca de passagens sutis de cor, dos limites tênues, a ligação com a memória, com o tempo do amadurecimento e da experiência, o fazem dizer: “o maior luxo do mundo é o silêncio”. O documentário nos convoca para ouvir suas cores.

 

Sobre Paulo Pasta (Arariranha/SP, 1959)

… a cor não é do mundo das cores. É da memória, da emoção. É uma cor meio sonhada, porque já penso nela, já fico imaginando, é uma cor meio fugidia.

 

Mais sobre PAULO PASTA

Enciclopédia Itaú Cultural
 
Sobre Paulo Pasta, no Laarte
 
Ateliê de Paulo Pasta, para Bravo!
 
Paulo Pasta para Agência FAPESP
 
Metrópolis com Paulo Pasta, na TV Cultura
 
A cor da criação, para Rede Escola Digital (Governo da Paraíba)
 
Conversa com Paulo Pasta, para Itaú Cultural
 
Encontro com Paulo Pasta, para Canal USP
 
Entrevista com Paulo Pasta, para Galeria de Gravura

 

 

As máquinas de GUTO LACAZ

Ficha técnica

Gênero: Documentário com depoimento do artista em seu estúdio.
Palavras-chave: Experimentação; coleta sensorial; imaginação criadora; instalação; multimídia; cartum; procedimentos técnicos inventivos.
Foco: Processo de Criação.
Tema: O artista multimídia Guto Lacaz: sua oficina/estúdio, suas obras, seu processo de criação.
Artistas abordados: Guto Lacaz, Abraham Palatnik, Jean Tinguely, Velázquez, Marcel Duchamp, o escritor Alfred Jarry e o ator Cacá Rosseti.
Indicação: A partir da 5ª série do Ensino Fundamental e Ensino Médio
Direção: Maria Ester Rabello
Realização/Produção: Rede SescSenac de Televisão, São Paulo
Ano de produção: 2000
Duração: 23’
Coleção/Série: O mundo da arte.

Doc: As máquinas de GUTO LACAZMaterial educativo: As máquinas de GUTO LACAZ

Sinopse

Sombras, cabides em movimento, vassouras rotatórias, nariz, furadeira. Assim começa o documentário. O artista é mostrado em sua oficina/estúdio apresentando algumas de suas obras, como um cientista em performance no palco, com suas máquinas e um assistente, além de instalações e produções ainda em processo. O primeiro bloco dá uma visão geral do trabalho do artista como inventor de máquinas. A sua instalação, Auditório para questões delicadas, dá início ao segundo bloco, no qual são enfocados aspectos de sua vida e o artista performer é apresentado em ensaio e atuação. No terceiro bloco, a sua produção gráfica é destacada. O documentário termina com o artista fazendo um cartum representando a equipe que o produziu.

Sobre Guto Lacaz (São Paulo/SP, 1948)

Acho que uns 10 ou 12 anos, eu comecei… Acho que eu ganhei um conjuntinho de ferramentas… Na adolescência, meu pai construiu uma edícula em casa e aí eu fiz a minha primeira oficina mesmo. (…) minha Bíblia: a Mecânica Popular. Eu estou sempre relendo a Mecânica Popular. Eu me encantava com essa imagem e com a possibilidade de falar: um dia eu vou ter ferramentas e conhecer muito suficientemente mecânica e eletricidade para eu poder construir.

 

Mais sobre GUTO LACAZ

Enciclopédia Itaú Cultural
 
Ateliê de Guto Lacaz, para Bravo!
 
Prêmio PIPA 2016 – Artista indicado
 
Entrevista para TV Cultura
 
Artes práticas no TEDxECC
 
Grandes personagens, na TV Cultura
 
Bichos tipográficos animados
 
Máquinas V

 

 

VIÉS (Edith Derdyk)

Ficha técnica

Gênero: Vídeo experimental.
Palavras-chave: Linha; ritmo; composição; arte contemporânea; pesquisa em arte.
Foco: Forma-Conteúdo.
Tema: Registro poético da exposição da artista no MASP (1990); os recortes da filmagem e a trilha musical foram compostos especialmente e interagem com o ritmo criado pelas linhas do trabalho de Edith Derdyk.
Artista abordada: Edith Derdyk.
Indicação: 7a e 8a séries do Ensino Fundamental e Ensino Médio.
Direção: Arnaldo Chain.
Realização/Produção: Arnaldo Chain.
Ano de produção: 1990.
Duração: 5’.
Coleção/Série: Ensaio.

Doc: VIÉS (Edith Derdyk)Material educativo: VIÉS (Edith Derdyk)

Sinopse

Este documentário apresenta a exposição Viés (Museu de Arte de São Paulo/MASP, 1990), individual da paulista Edith Derdyk. Registra os resultados de seu projeto de pesquisa em arte, premiado com a Bolsa Anual para Artes Visuais/FIAT. Nessa pesquisa, a artista explora as relações entre duas naturezas de linhas, texturas e planos: os desenhados e pintados no suporte e os criados pelo método de recortar e costurar, com diferentes tipos de linhas, a trama do tecido. O olhar do espectador passeia pelos detalhes das obras, focaliza os elementos visuais e observa o espaço da exposição. A interação entre as linguagens do documentário, a trilha musical composta pelo músico Paulo Tatit e as obras da artista confere a esse registro da exposição um sentido especialmente poético e interpretativo.

 

Sobre Edith Derdyk (São Paulo/SP, 1955)

Sempre desenhei. Frequentei o ateliê de Paulina Rabinovitch, de pequena até perto dos 20 anos (…) foi uma das coisas fundamentais e inesquecíveis em minha formação sensível, humana e intelectual. (…) a fundamentação e o alicerce que asseguram a minha relação de paixão com o desenho e com a arte, estão diretamente vinculados à vivência que (…) me foi dada por meus pais em minha infância. (…) A memória é viva (…) colorida e nítida. Desenhando, fazendo expressão corporal, pintando o corpo, confeccionando máscaras, construindo coisas, brincando de teatrinho com os pequeninos, na época em que era professora assistente. A raiz do gosto de desenhar provém de uma infância e de uma adolescência “não-adormecida”, um dos segredos brilhantes do trabalho realizado intensamente por Paulina. (…)

Entrevista para o Instituto Arte na Escola

 

Mais sobre EDITH DERDYK

Enciclopédia Itaú Cultural
 
Ateliê de Edith Derdyk, para Bravo!
 
Ateliê de Edith Derdyk, para Metrópolis, na TV Cultura
 
Sobre artes visuais, para SescTV
 
Museu vivo, para SescTV
 
Entre linhas, no Porto Iracema Das Artes
 
Obras, biografia e vida: Edith Derdyk

4 Comments

  • Ana Paula Shackleton Posted 12 de outubro de 2020 19:18

    Adorei todos os livros.

  • VANDERLEI FRAGA SILVEIRA Posted 13 de novembro de 2020 13:09

    Estes livros estão sendo comercializados ?

  • Raquel Posted 20 de novembro de 2020 18:56

    quero todos!!!

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com