Férias na Antártica

A Antártica nunca foi destino de férias. Ir ao longínquo continente gelado é coisa de cientistas e intrépidos navegadores. Ao saberem da experiência das irmãs Laura, Tamara e Marininha Klink, que já estiveram lá cinco vezes em companhia de seus pais, o navegador Amyr e a fotógrafa Marina Klink, as editoras do selo Grão, Renata Borges e Maristela Colucci, decidiram convidá-las para embarcar numa outra aventura: a aventura literária.

Três irmãs, duas idades diferentes, três visões de mundo, todas no mesmo barco, de férias na Antártica. Neste livro conhecemos o delicado equilíbrio do planeta e, de quebra, o divertido jeito de encarar o mundo das jovens Laura, Tamara e Marininha, filhas do navegador Amyr Klink e da fotógrafa Marina Bandeira Klink. Nos relatos de viagem, estão as lembranças de cinco expedições em família ao continente antártico, onde focas, pinguins, baleias e muitos outros animais especiais passam o verão. Com ainda pouca vivência, elas já sabem e entendem que nosso planeta precisa de cuidados e que, onde quer que a gente viva, nossas atitudes refletem em lugares muito distantes daqui.

 

O mar como porta para o mundo

Nascidas em um mundo náutico e educadas para ver o mar não como uma limitação, mas como uma porta para o mundo, Laura, Tamara e Marina Helena pisaram no continente gelado muito cedo: a primeira viagem aconteceu em 2006, quando Laura e Tamara, que são gêmeas, contavam nove anos, e a caçula Marininha tinha apenas seis.

Como uma das viagens tomou um mês do período letivo, a escola onde elas estudam encontrou a seguinte solução: as três alunas deveriam anotar e fotografar tudo o que lhes chamasse a atenção, para depois dividir com os colegas em sala de aula. O sucesso da apresentação desses “diários de bordo” levou as irmãs Klink a apresentá-los muitas outras vezes, tornando-as experientes palestrantes de temas polares em diversas escolas da capital paulista.

As irmãs Klink abordam o ecossistema antártico e a necessidade da preservação das águas e das espécies, como também os problemas da poluição e do aquecimento global, com o olhar vigoroso das descobertas da infância. Outros temas também estão presentes nesta construção coletiva, entre eles as relações familiares, que ganham novos contornos em uma experiência tão singular como a vivida pela família Klink.

Publicado como “livro verde”, com certificação de origem do papel, Férias na Antártica é o terceiro título do selo Grão. O primeiro livro publicado pela Grão foi O mar é minha terra, relatos de viagem do velejador Beto Pandiani, e o segundo foi SUB – viagem ao Brasil submarino, de Maristela Colucci.

Prefácio, por Amyr Klink

“Em fevereiro de 2006, concluímos a nossa primeira viagem antártica com as crianças a bordo. Experiência que surpreende: a de comandar filhos próprios e de terceiros num ambiente borbulhante, pouco previsível, onde se pode conhecer e aprender ininterruptamente. Imaginei que seria uma bela experiência para tão inquietas e curiosas criaturas. Foi. Não imaginei o quanto seria importante, para nós adultos, o ofício de, ao ensinar, aprender.

Vinte anos de viagens regulares ao continente antártico me ensinaram menos do que essas intensas, breves, semanas de andanças e convivência. Retornamos nas temporadas seguintes, em todas, pra descobrir que era muito pouco o que sabíamos, que havia tanto e tantos para ver. Tantas perguntas, luvas esquecidas, botas molhadas, espécies de nomes difíceis; tantos encontros, artistas, autores brilhantes, pesquisadores em dúvida, viajantes ousados. Tantos outros modos de ver o que eu supunha conhecer. Um desses modos é este pequeno livro que fiz questão de não abrir até que suas autoras o mostrassem já pronto. Para um pai viajante, calejado de surpresas, devorador de grandes e pequenos livros foi uma grande surpresa. A maior que já tive.” — Amyr Klink

Proposta pedagógica

A Editora Peirópolis disponibiliza, em formato PDF, proposta pedagógica elaborada por Regina Moraes Abreu para o livro Férias na Antártica de Laura, Tamara e Marininha Klink.

O objetivo deste material é sugerir ao educador formas de explorar, de maneira interdisciplinar, conteúdos conceituais e atitudinais de língua portuguesa, artes, atualidades, ciências, geografia e orientação educacional, partindo do interesse dos alunos por buscar informações complementares sobre as vivências e observações descritas pelas autoras em seu relato de viagem.

Explorar com os alunos as informações e emoções apresentadas pelas autoras, através do gênero relato de viagem. Enfatizar a conexão existente entre os seres vivos, estejam próximos ao Equador ou ao polo Sul, e também entre eles e os fatores abióticos do ambiente. Despertar no aluno a noção de que preservar o ecossistema onde se vive refletirá positivamente na qualidade de outros ecossistemas bem mais longínquos.

Proposta pedagógica completa

Como adquirir seu exemplar

Férias na Antártica (em português)

Vacation in Antartica (em inglês)

 

Bate papo com as irmãs Klink na sua escola

Sua escola adotou o livro Férias na Antártica e tem interesse em fazer um bate papo sobre o livro? Responda o formulário abaixo para fazer o agendamento ou envie sua dúvida para: marketing@editorapeiropolis.com.br. Neste momento realizaremos apenas uma conversa por escola (online, por videochamada), independente do número de turmas, com Laura Klink. A escola pode enviar previamente perguntas a serem respondidas durante a conversa.

 

 

 

 

 

 

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com