Henriqueta Lisboa: bibliografia

OBRAS DE E SOBRE HENRIQUETA LISBOA

 

POESIA
Fogo-fátuo. Rio de Janeiro: [s. n], 1925.

Enternecimento. Rio de Janeiro: Pongetti, 1929.
Velário. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1936.
Prisioneira da noite. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1941.
O menino poeta
Rio de Janeiro: Bedeschi, 1943.
Edição especial ampliada. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1975.
Reedição. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1984.
São Paulo: Peirópolis, 2008.
2. ed. São Paulo: Peirópolis, 2019.
A face lívida. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1945.
Flor da morte
Belo Horizonte: João Calazans, 1949;
2. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2004.
Poemas (Flor da morte e A face lívida). Belo Horizonte: João Calazans, 1951.
Madrinha lua
Rio de Janeiro: Hipocampo, 1952.
2. ed. Rio de Janeiro: Cadernos de Cultura, 1958.
3. ed. Belo Horizonte: Coordenadoria de Cultura de Minas Gerais, 1980.
Azul profundo
Belo Horizonte: Ariel, 1956.
2ª ed. São Paulo: Xerox do Brasil, 1969.
Lírica: obra poética reunida. Rio de Janeiro: José Olympio, 1958.
Montanha viva – Caraça
Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1959.
2. ed. Montanha viva – Caraça / Mons vivus – Mons Caracensis. Belo Horizonte: São Vicente, 1977 (edição bilíngue: latim/português).
Além da imagem. Rio de Janeiro: Livros de Portugal, 1963.
Nova lírica. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1971.
Belo Horizonte bem querer. Belo Horizonte: Eddal, 1972.
O alvo humano. São Paulo: Editora do Escritor, 1973.
Chosen poems. Poemas traduzidos para o inglês por Hélcio Veiga Costa. Belo Horizonte: Eddal, [s. d.].
Poèmes choisis. Poemas traduzidos para o francês por Vera Conradt. Belo Horizonte: [s. n.], 1974.
Reverberações. Belo Horizonte: São Vicente, 1976.
Miradouro e outros poemas
Rio de Janeiro: Nova Aguilar; Brasília: INL, 1976.
2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1977.
Celebração dos elementos: água, ar, fogo, terra. Belo Horizonte:
[s. n.], 1977.
Selected poems. Edição trilíngue: português/inglês/alemão. Tradução de Blanca Lobo Filho. Portland, Oregon, EUA: Norwood Editions, 1978.
Casa de pedra: poemas escolhidos.
São Paulo: Ática, 1979.
Reedição. Brasília: INL, 1980.
Pousada do ser. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982.
Obras completas. São Paulo: Duas Cidades, 1985. (Poesia geral – 1929-1983, v. 1).
Henriqueta Lisboa: melhores poemas. Seleção de Fábio Lucas. São Paulo: Global, 2001.
Luz da lua: antologia poética de Henriqueta Lisboa. Seleção de Bartolomeu Campos de Queirós. São Paulo: Moderna, 2006.
Reencontro com o menino poeta. (Coleção Magias Infantil)
São Paulo: Global, 2003.
2. ed. São Paulo: Global, 2009.

 

PROSA

Almas femininas da América do Sul. Colúmbia. Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, jul. 1928; v. 1, n. 6, p. 10-12, jan. 1929; n. 7, p. 76-78, maio 1929; n. 8, p. 55-57, set. 1929.

Alphonsus de Guimaraens. Rio de Janeiro: Agir, 1945. (Coleção Nossos grandes mortos, 7)

Convívio poético. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1955.

A poesia de Ungaretti. Revista do Livro, v. 3, n. 7, p. 197-202, set. 1957.

A poesia de “Grande sertão: veredas”. Revista do Livro, v. 3, n. 12, p. 141-146, dez. 1958.

Reflexões sobre a história: discurso. Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, v. 6, p. 161-166, 1959.

Romance com notícias folclóricas. Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, v. 8, p. 103-107, 1961.

Discurso. Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, v. 9, p. 263-266, 1962.

Conceituação de poesia entre os franceses. Revista Brasileira. Rio de Janeiro, v. 10, n. 29, p. 98-112, jun. 1964/ago. 1966.

Mário de Andrade, o poeta. Mário de Andrade. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1965, p. 53-58 (Edições Movimento-Perspectiva).

O meu Dante. O meu Dante: contribuições e depoimentos. São Paulo: Instituto Cultural Ítalo-Brasileiro, caderno 5, p. 9-20, 1965.

O motivo infantil na obra de Guimarães Rosa. Guimarães Rosa. Belo Horizonte: Centro de Estudos Mineiros, 1966, p. 19-30.

Vigília poética. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1968.

Alphonsus e Severiano. Colóquio/Letras. Lisboa, n. 6, p. 27-34, mar. 1972.

A poesia de Jorge Guillén. Separata de Insula. Madri, p. 327-330, 1978. Edição especial “Homenaje a Jorge Guillén”.

Depoimento da tradutora, em MISTRAL, Gabriela. Poesias escolhidas. Trad. Henriqueta Lisboa. Rio de Janeiro: Delta, 1969, p. 47-55.

Folclore e literatura infantil. Boletim Informativo FNLIJ, v. 2, n. 7, p. 8-17, fev. 1970.

Introdução, em REZENDE, José Severiano de. Mistérios. Belo Horizonte: Imprensa da UFMG, 1971, p. 5-26.

Vivência poética. Belo Horizonte: São Vicente, 1979.

Poesia, esta maravilhosa deidade a que votei toda uma existência. Suplemento Literário do Minas Gerais. Belo Horizonte, 22-29, p. 12, dez. 1979. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.

Infância e poesia. Revista do Conselho Estadual de Cultura de Minas Gerais, n. 8, p.47-50, 1979.

Literatura oral e literatura infantil. Literatura infantil. Rio de Janeiro: PUC, 1980. p. 29-34. (Cadernos da PUC, 33)

Discurso de Henriqueta Lisboa na solenidade de premiação da Academia Brasileira de Letras. Suplemento Literário do Minas Gerais. Belo Horizonte, p.12, 21 jul. 1984. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.

Cruz e Souza: a dor superada. Florianópolis: Museu/Arquivo da Poesia Manuscrita, 2001. (Coleção Mapa)

Poesia: minha profissão de fé. Florianópolis: Museu/Arquivo da Poesia Manuscrita, 2001. (Coleção Mapa)

 

TRADUÇÕES

Poemas escolhidos de Gabriela Mistral. Lisboa, Rio de Janeiro: Delta, 1969.

Cantos de Dante. São Paulo: Instituto Cultural Ítalo-Brasileiro, 1969.

Henriqueta Lisboa: poesia traduzida. Organização, introdução e notas de Reinaldo Marques e Maria Eneida Victor Farias. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2001.

A divina comédia em quadrinhos. Adaptado por Piero e Giuseppe Bagnariol. Tradução de Henriqueta Lisboa (Purgatório). São Paulo: Peirópolis, 2018.

 

ORGANIZAÇÃO DE COLETÂNEAS

Antologia poética para a infância e a juventude

Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro, 1961.

2. ed. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1966.

Edição parcial: Antologia de poemas portugueses para a juventude. São Paulo: Peirópolis, 2005.

Literatura oral para a infância e a juventude: lendas, contos & fábulas populares no Brasil

São Paulo, Cultrix, 1968.

São Paulo: Peirópolis, 2002.

 

CORRESPONDÊNCIA

Correspondência Mário de Andrade & Henriqueta Lisboa. Organização, introdução e notas de Eneida Maria de Souza. São Paulo: Editora Peirópolis; Edusp, 2010. (Coleção Correspondência de Mário de Andrade, 3)

 

COLABORAÇÕES
Passarinho, Segredo, Boizinho velho, A ovelha, Canoa, Os quatro
ventos, O tempo é um fio. In: IBÁÑEZ, Celia Ruiz (sel.).
Antologia de poesia brasileira para crianças. Barueri (SP):
Girassol, [s. d]. p. 18, 22, 23, 34, 54, 75, 108.
Convite, Canção. In: CIANCIO, Luce. Alguns poetas, portugueses
e brasileiros, traduzidos em italiano. Rio de Janeiro: [s. n.], 1949.
p. 36, 40.
A humilde oração, Oração suprema. In: HADDAD, Jamil
Almansur. As obras-primas da poesia religiosa brasileira. São
Paulo: Martins, 1954. p. 335-337.
Caboclo d’água. In: OLIVEIRA, Alaíde Lisboa de. Meu coração.
São Paulo: Comp. Ed. Nacional, 1957. p. 102-103.
Fraude. In: MILLIET, Sérgio. Obras-primas da poesia universal. São
Paulo: Martins, 1957. p. 408-409.
Pomar, Tempestade, Segredo, Várzea. In: NUNES, Cassiano;
BRITO, Mário da Silva. Poesia brasileira para a infância. São
Paulo: Saraiva, 1960. p. 260, 262, 269, 277.
Segredo. In: BACHA, Magdala Lisboa. Que aconteceu? Rio de
Janeiro: Agir, 1962. p. 43.
Caixinha de música, Joãozinho e o papagaio. In: OLIVEIRA, Alaíde
Lisboa de. Meu coração. São Paulo: Comp. Ed. Nacional, 1963.
p. 16-18.
O motivo infantil na obra de Guimarães Rosa. In: LISBOA,
Henriqueta; CARDOSO, Wilton; RAMOS, Maria Luiza;
DIAS, Fernando Correia. Guimarães Rosa: ciclo de conferências.
Belo Horizonte: Centro de Estudos Mineiros/UFMG,
1966. p. 17-30.
Visão dos profetas, A face lívida, O mundo perfeito. In: COUTINHO,
Afrânio. Antologia brasileira de literatura. Rio de Janeiro:
Distribuidora de Livros Escolares, 1966. v. 2, p. 213-215.
Segredo. In: RIBEIRO, Wagner. Noções de cultura brasileira. São
Paulo: FTD, 1966. p. 105.
História de Chico Rei. In: OLIVEIRA, Alaíde Lisboa de. Meu coração.
São Paulo: Comp. Ed. Nacional, 1966. p. 84-87.
Visão dos profetas, Musa, Atmosfera. In: ANDRADE, Carlos
Drummond de. Brasil, terra & alma. Rio de Janeiro: Editora do
Autor, 1967. p. 126-128, 136-137.
Pérola, Constância, O cortejo, O véu, É estranho, O saltimbanco,
Vem, doce morte, Maturidade, As coleções, A joia, Ofélia,
Canção grave, A árvore, Maria, Mármore, Frutescência, A flama,
Os limites, Vincent (Van Gogh). In: LOANDA, Fernando
Ferreira de. Antologia da moderna poesia brasileira. Rio de
Janeiro: Orfeu, 1967. p. 275-292.
Maturidade. In: CRESPO, Ángel. Poemas de Henriqueta Lisboa.
Revista de Cultura Brasileña, Madrid, 1969.
Do acaso, A mais suave, Palmeira da praia. In: HORTAS, Maria
de Lourdes (org.). Palavra de mulher: poesia feminina brasileira
contemporânea. Rio de Janeiro: Fontana, 1979. p. 78-79, 90-91.
Humildad, Valor, Amargura, Expectativa, Arte, Amor. In:
SAMPAIO, Adovaldo Fernandes. Voces femeninas de la poesía
brasileña. Goiânia: Editorial Oriente, 1979. p. 44-49.
Caixinha de música. In: OLIVEIRA, Alaíde Lisboa de;
CARVALHO, Abigail de Oliveira. Meu coração. Rio de Janeiro:
J. Olympio, 1984. liv. 2, p. 37-38.
Caboclo d’água. In: OLIVEIRA, Alaíde Lisboa de; CARVALHO,
Abigail de Oliveira. Meu coração. Rio de Janeiro: J. Olympio,
1984. liv. 3, p. 119-120.
História de Chico Rei. In: OLIVEIRA, Alaíde Lisboa de;
CARVALHO, Abigail de Oliveira. Meu coração. Rio de Janeiro:
J. Olympio, 1984. liv. 4, p. 240-242.
Celebração dos elementos: água, ar, fogo, terra. In: Humanidades
– Revista da Universidade de Brasília, Brasília, v. 2, n. 9, out./
dez. 1984.
Pomar. In: BACHA, Magdala Lisboa; BACHA, Tamira Lisboa.
Começo de conversa. São Paulo: Abril Educação, 1985. liv. 3, p. 61.
O anjo da paz. In: PAULINI, Lívia. Pérolas de Minas: coletânea de
poetas mineiros. Tradução para o inglês e o húngaro de Lívia
Paulini. Belo Horizonte: Academia Mineira de Letras, 1986. p. 2.
Mamãezinha, Pirilampos, Coraçãozinho, Pomar, O tempo é um fio,
Fidelidade. In: LISBOA, Henriqueta; MEIRELES, Cecília;
QUINTANA, Mário; MORAES, Vinícius de. Para gostar de ler: poesias.
8. ed. São Paulo: Ática, 1992. v. 6, p. 24, 29, 34, 42, 50, 56.
O silêncio. In: PAULINI, Lívia (trad.). Pérolas do Brasil/Pearls of
Brazil/Brazilia Gyöngyei. Obra trilíngue: português/inglês/húngaro.
Belo Horizonte: Academia Feminina Mineira de Letras,
1993 (Coletânea de poetas brasileiros). p. 67.
Poesia de Ouro Preto. In: CARDOSO FILHO, Jusberto (org.).
Antologia poética de Ouro Preto. Ouro Preto: Editora do Autor,
1995. p. 69.
Belo Horizonte bem querer. In: MIRANDA, Wander Melo (org.).
Belo Horizonte: a cidade escrita. Belo Horizonte: Editora
UFMG; Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais,
1996. p. 22, 262.
Vincent (Van Gogh), O excepcional, Modelagem/Mulher. In:
BRASIL, Assis (org.). A poesia mineira no século XX: antologia.
Rio de Janeiro: Imago, 1998. p. 60-63.
É estranho, Canção grave. In: GONÇALVES, Magaly Trindade;
AQUINO, Zélia Thomaz de; SILVA, Zina Bellodi (org.). Antologia
escolar de literatura brasileira: poesia e prosa. Prefácio de Antônio
Carlos Secchin. São Paulo: Musa Editora, 1998. (Musa escola.
Cultura de volta à educação: 1). p. 280-281.
Percurso/Parcours. In: PAULINI, Lívia (org.); RENNÓ, Elizabeth
(trad.). Pérolas reverberantes/Perles réverbérantes. Belo
Horizonte: Academia Feminina Mineira de Letras, 1998.
(Coletânea de poetas brasileiros). p. 48-49.
Mamãezinha, Pirilampos, Coraçãozinho, Pomar, O tempo é um
fio, Fidelidade. In: LISBOA, Henriqueta; PAES, José Paulo;
QUINTANA, Mário; MORAES, Vinícius de. Palavra de poeta:
poesia. São Paulo: Ática, 2001. (Coleção Literatura em minha
casa, v. 1). p. 6, 10, 13, 18, 23, 26.
Do supérfluo. In: RODRIGUES, Claufe; MAIA, Alexandra (org.).
100 anos de poesia: um panorama da poesia brasileira no século
XX. Rio de Janeiro: O Verso Edições, 2001. v. I, p. 103.
Os lírios. In: NÊUMANNE PINTO, José (sel.). Os cem melhores poetas
brasileiros do século. São Paulo: Geração Editorial, 2001. p. 88
Colégio, Palavras. In: LISBOA, Henriqueta; ANDRADE, Carlos
Drummond de; BUARQUE, Chico; DIAS, Gonçalves; BILAC,
Olavo. Cinco estrelas. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001. (Literatura
em minha casa, v. 1). p. 32, 34.
Louvação de Daniel. In: MORICONI, Italo (org.). Os cem melhores
poemas brasileiros do século. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001. p. 209.
O menino poeta. In: Vários autores. Pé de poesia. São Paulo: Global,
2002. (Coleção Literatura em minha casa, v. 1). p. 47. São Paulo:
Global, 2006. (Antologia de poesias para crianças). p. 45.
A paisagem do morto. In: AGUIAR, Vera; ASSUMPÇÃO, Simone;
JACOBY, Sissa. Poesia fora da estante. Porto Alegre: Editora
Projeto, 2002. v. 2, p. 88.
Os lírios. In: LISBOA, Henriqueta et al. Caminho da poesia. São
Paulo: Global, 2003. (Coleção Literatura em minha casa,
v. 1. p. 15. São Paulo: Global, 2006. (Antologia de poesias para
crianças). p. 15.
Cantiga de Vila-Bela. In: BACELLAR, Laura (org.). Canções do
Brasil. São Paulo: Scipione, 2003. (Coleção Palavra da gente,
v. 4). p. 36.
As palavras. In: BACELLAR, Laura (org.). Ofício de poeta. 1. ed.
São Paulo: Scipione, 2003. (Coleção Literatura em minha casa,
v. 1). p. 27.
Segredo, Pirilampos, Corrente de formiguinhas. In: LISBOA,
Henriqueta et al. Poesia fora da estante: para crianças. Porto
Alegre: L&PM, 2003. (Coleção Literatura em minha casa,
v. 1). p. 16, 24, 27.
Pirilampos, Tempestade, Copo de leite, Os quatro ventos, As
madrugadas, Pomar, Segredo, Caixinha de música, O menino
poeta. In: LISBOA, Henriqueta; PAES, José Paulo;
QUINTANA, Mário; PAIXÃO, Fernando. Varal de poesia.
1. ed. São Paulo: Ática, 2003. (Coleção Quero ler). p. 10, 17,
21, 23, 30, 36, 42, 47, 59.
A menina selvagem. In: LISBOA, Henriqueta et al. Tempo de poesia.
1. ed. São Paulo: Global, 2003. (Coleção Literatura em minha
casa, v. 1). p. 7.
Vem, doce morte. In: FIGUEIREDO, Carlos (org.). 100 poemas
essenciais da língua portuguesa. Belo Horizonte: Editora Leitura,
2004. p. 190.
A menina selvagem. In: LISBOA, Henriqueta et al. Pois é, poesia.
São Paulo: Global, 2004. (Coleção Antologia de poesias para
jovens). p. 7.
Echo, Old little ox, The four winds, Time is a thread. In: Machado
de Assis Magazine – Brazilian Literature in Translation. São
Paulo, n. 6, 2015. p. 42-47.
Os lírios, Tuas palavras, Amor. In: Vários autores. Sonata poética.
Belo Horizonte: Anome Livros, 2005. p. 90-91
É estranho, Vida, paixão e morte do Tiradentes, Canção grave. In:
GONÇALVES, Magaly Trindade; AQUINO, Zélia Thomaz de;
BELLODI, Zina C. (org.). Antologia comentada de literatura
brasileira: poesia e prosa. Prefácio de Ivan Teixeira. Petrópolis,
RJ: Vozes, 2006. p. 266-268
Tuas palavras, Amor. In: LISBOA, Henriqueta et al. Traço de poeta.
1. ed. São Paulo: Global, 2006. (Antologia de poesia para
jovens). p. 25.
Vigília poética (capa e dedicatória). In: GOTLIB, Nádia Battella.
Clarice fotobiografia. São Paulo: Editora da Universidade de São
Paulo; Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2008. p. 378.
Amargura, Prisioneira da noite, A mais suave, A face lívida, Dama
de rosto velado, Comunhão, Pássaro de fogo, Visão dos profetas,
Herança. In: LISBOA, Henriqueta et al. Anos 30. Seleção
e prefácio de Ivan Junqueira; direção de Edla van Steen. São
Paulo: Global, 2008. (Coleção Roteiro da poesia brasileira).
p. 20-29.
Mamãezinha, Pirilampos, Coraçãozinho, Pomar, O tempo é um
fio, Fidelidade. In: LISBOA, Henriqueta; PAES, José Paulo;
QUINTANA, Mário; MORAES, Vinícius de. Poesias. 18 ed.
São Paulo: Ática, 2012. (Coleção Para gostar de ler). p. 12, 18,
23, 30, 39, 46.
Idílio, Infância, Canoa, Vincent (Van Gogh). In: LISBOA,
Henriqueta et al. Revista Poesia sempre, Minas Gerais, ano 18,
n. 36. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, 2012. p.
103-107.
Pomar. In: SEFFRIN, André (org.). Rubem Braga: a poesia é necessária.
1. ed. São Paulo: Global, 2015. p. 102.
Belo Horizonte bem querer. In: ARAÚJO, Ana Luiza von Döllinger
de (org.). Minha cidade é dentro de mim. Belo Horizonte: Edição
da Organizadora, 2015. p. 21, 25.
O motivo infantil na obra de Guimarães Rosa. In: ROSA, João
Guimarães. Manuelzão e Miguilim. 1. ed. São Paulo: Global,
2019. p. 203-213.

 

BIBLIOGRAFIA SOBRE HENRIQUETA LISBOA
AGUIAR, Maria Arminda de Sousa. Poética da ausência. Jornal do
Brasil, Rio de Janeiro, 16 jan. 1977.
AIDE, S. Um estudo de Henriqueta Lisboa sobre Mário de Sá-
Carneiro. Notícias da Beira, Lisboa, 20 jul. 1969. Carta do
Brasil.
ALMEIDA, Lúcia Machado de. Novo livro de Henriqueta. Última
Hora, Belo Horizonte, 7 set. 1963. p. 5.
________. Gente, livros e bichos. Estado de Minas, Belo Horizonte,
7 out. 1979.
________. Ponto alto de uma carreira luminosa. Estado de Minas,
Belo Horizonte, 3 fev. 1983.
ALPHONSUS, João. Velário. Folha de Minas, Belo Horizonte,
24 jan. 1936; republicado no Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. p. 12. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
ALVARENGA, Terezinha. Henriqueta Lisboa, a própria poesia.
Estado de Minas, Belo Horizonte, 12 ago. 1982. p. 5.
________. Henriqueta Lisboa, o ensaio e a poesia. Estado de Minas,
Belo Horizonte, 19 ago. 1982. Autores e Livros.
________. Sobre Pousada do ser. Estado de Minas, Belo Horizonte,
10 fev. 1983.
________. Henriqueta Lisboa, poeta também para crianças. Estado
de Minas, Belo Horizonte, 7 mar. 1985. p. 5.
ALVES, Betania Viana. A poesia infantil na obra de Henriqueta
Lisboa (O menino poeta). Belo Horizonte, 2009. Dissertação
(Mestrado em Literaturas de Língua Portuguesa) – Pontifícia
Universidade Católica de Minas Gerais.
ALVES, Henrique L. Legado de Henriqueta Lisboa: a poesia mais
pura do Brasil. Diário Popular, São Paulo, 8 nov. 1985.
ALVES, J. Guimarães. Flor da morte. Estado de Minas, Belo
Horizonte, jan. 1950.
ALVES, Túlio César Vieira. Reverberações, o diálogo entre a
poesia e o pensamento crítico de Henriqueta Lisboa: um olhar
contemporâneo. Belo Horizonte, 2019. Tese (Doutorado em
Teoria da Literatura e Literatura Comparada) – Faculdade de
Letras, Universidade Federal de Minas Gerais.
AMADO, Milton. Prisioneira da noite de Henriqueta Lisboa.
Mensagem, Belo Horizonte, 25 jul. 1941. Arte e Literatura, p. 8.
AMEAL, João. O menino poeta. Diário da Manhã, Lisboa, 12 fev.
1946. Rumos do Espírito.
ANDRADE, Carlos Drummond de. Henriqueta Lisboa: um poeta
conta-nos da morte. In: ____. Passeios na ilha. Rio de Janeiro:
Organização Simões, 1952.
________. Henriqueta e o Caraça. Correio da Manhã, Rio de
Janeiro, 7 jul. 1959.
________. Caraça e o coração. Estado de Minas, Belo Horizonte,
4 jun. 1968.
________. Um poeta conta-nos da morte. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. p.12. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
________. Se eu fosse consultado. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro,
14 abr. 1977.
________ Semana: entre o juro e a poesia. Jornal do Brasil, Rio de
Janeiro, 29 set. 1979.
ANDRADE, Euclides Marques. Henriqueta – Minas. Estado de
Minas, Belo Horizonte, 12 ago. 1987.
ANDRADE, João Pedro de. Velário. O Diabo, Lisboa, 5 ago. 1939.
ANDRADE, Maria Julieta Drummond de. A fluida e nobre poesia
de Henriqueta Lisboa. O Globo, Rio de Janeiro, 16 nov. 1985.
p. 12.
ANDRADE, Mário de. Coração magoado. In: ____. O empalhador
de passarinho. 2. ed. São Paulo: Martins, 1955. Republicado
no Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21
fev. 1970. p. 2. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
________. Prisioneira da noite. Mensagem, Belo Horizonte, 25 nov.
1941. Arte e Literatura, p. 8.
________. Querida Henriqueta: cartas de Mário de Andrade a
Henriqueta Lisboa. Rio de Janeiro: José Olympio, 1990.
ANDRÉ, Oswaldo. Leitura obrigatória. A Semana, Divinópolis, 30
abr. 1983.
ARAÚJO, Ângelo Oswaldo. Querida Henriqueta, o abraço fiel de
Mário. Estado de Minas, Belo Horizonte, 28 dez. 1990.
ARAÚJO, Elza Beatriz de. Na flor da morte. Estado de Minas, Belo
Horizonte, 15 out. 1985.
ARAÚJO, Henry Corrêa de. O bem querer de uma poeta. Estado
de Minas, Belo Horizonte, 20 jul. 1972.
ARAÚJO, Laís Corrêa de. Exato e sóbrio. Estado de Minas, Belo
Horizonte, 22 ago. 1963. Roda Gigante.
________. Henriqueta Lisboa, algo de sombra e orvalho. Estado de
Minas, Belo Horizonte, 14 jul. 1963.
________. Lúcida e límpida vigília. Boletim Mensal da Sociedade
Amigas da Cultura, Belo Horizonte, v. 2, n. 12, maio 1979.
p. 4. Republicado no Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 21 jul. 1984. p. 4. Edição especial dedicada a
Henriqueta Lisboa.
ARAÚJO, Marcia de Mesquita. Henriqueta Lisboa: teoria e prática
de poesia pura. Fortaleza, 2013. Dissertação (Mestrado em
Letras) – Centro de Humanidades da Universidade Federal do
Ceará.
________. Concepções pós-modernas de intertexto na poesia de
Henriqueta Lisboa: Ofélia, um diálogo com a loucura, a morte
e a arte. Centro de Humanidades da Universidade Federal do
Ceará. Fortaleza, 2013.
________. A morte de Ofélia nas águas: reflexos e releitura da
personagem de William Shakespeare na poesia de Henriqueta
Lisboa. Entrelaces – Revista do Programa de Pós-Graduação
em Letras da Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, ano
III, n. 1, 2013.
________. Henriqueta Lisboa e Maurice Blanchot: o ato criativo
e a estranha aproximação com a morte. Fortaleza, 2019.
Tese (Doutorado em Letras) – Centro de Humanidades da
Universidade Federal do Ceará.
ARAÚJO, Zilah Corrêa de. Henriqueta Lisboa no depoimento de
sua sobrinha Abigail de Oliveira Carvalho. Suplemento Literário
do Minas Gerais, Belo Horizonte, 11 fev. 1963. p. 6.
ATHAYDE, Agamenon de. Na guerra da Academia arma é a poesia.
Binômio, Belo Horizonte, 24 jun. 1963.
ATHAYDE, Austregésilo de. Meio século glorioso. Boletim Mensal
da Sociedade Amigas da Cultura, Belo Horizonte, v. 2, n. 12,
maio 1979. p. 3. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
Republicado no Estado de Minas, Belo Horizonte, 7 jun. 1979.
ÁVILA, Affonso. Poesia em retrospecto. Tentativa, Belo Horizonte,
mar. 1951.
________. Convívio poético. Diário de Minas, Belo Horizonte, 8
mai. 1955. Tribuna das Letras, p. 3.
Bacha, Edmar Lisboa. Os Lisboa: fragmentos de memória.
Conferência na Academia Mineira de Letras, 2017.
BAHIA, Maria Cristina. Mandamento primeiro e único (com alguns
critérios) para conhecer Henriqueta Lisboa. Estado de
Minas, Belo Horizonte, 30 out. 1977.
BAYRÃO, Reynaldo. Flor da morte. A Manhã, Rio de Janeiro,
4 nov. 1951. Letras e Artes, p. 2.
BAKAJ, Branca Borges Góes. Uma leitura da poesia de Henriqueta
Lisboa. In: ____. Quatro estudos literários. Brasília: [s. n.],
1989. p. 47-72.
BANDEIRA, Manuel. Dante e Henriqueta. Jornal do Brasil, Rio de
Janeiro, 22 abr. 1959. p. 3.
________. Ritmos e ascese poética. In: ____. Andorinha, andorinha.
Rio de Janeiro: José Olympio, 1966. p. 182-183.
BARBOSA, Marcos, Dom. Henriqueta Lisboa. Jornal do Comércio,
Rio de Janeiro, 28 jul. 1984.
BARRETO, Lázaro. O ser e a ansiedade diante do mundo. O Estado
de S. Paulo, São Paulo, 13 jan. 1983.
________. Pousada do ser. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 27 ago. 1983.
BASTIDE, Roger. Sobre a poesia. Diário de São Paulo, São Paulo,
2 jun. 1945.
________. Poesia feminina e poesia masculina. O Jornal, Rio de
Janeiro, 29 dez. 1945.

________. A face lívida. A Tribuna, Santos, 30 mai. 1946.
________. Brèsil. Mercure de France, Paris, 1er mai 1952.
BATISTA, José. Henriqueta. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 13 set.
1964.
________. Os frágeis pássaros. Leitura, Rio de Janeiro, n. 98, set./
out. 1965.
________. Sobre a poesia atual. Diário Carioca, Rio de Janeiro, 21 nov.
1965. p. 40-41.
________. Henriqueta Lisboa: o poema e o vínculo entre o ser e
o não-ser. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 9 jul. 1966. p. 2.
BERNIS, Yeda Prates. A grande dama. Boletim Mensal da Sociedade
Amigas da Cultura, Belo Horizonte, v. 2, n. 12, maio 1979. p. 5.
Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
BESSA, Luís de. Prisioneira da noite: o livro do dia. Minas Gerais,
Belo Horizonte, 28 fev. 1970. Suplemento Literário. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
BIBLIOGRAFIA de Henriqueta Lisboa/Bibliografia sobre
Henriqueta Lisboa. Minas Gerais, Belo Horizonte, 28 fev. 1970.
Suplemento Literário. Edição especial dedicada a Henriqueta
Lisboa.
BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira. São Paulo:
Cultrix, 1970. p. 311, 431, 433, 482, 488, 515, 539, 544.
BRASIL, Assis. Marca pessoal – Livros. Revista Escrita, São Paulo,
18 abr. 1977.
________. Dois poetas. Jornal de Letras, Rio de Janeiro, ago. 1977.
Literatura Brasileira Hoje.
________. Henriqueta Lisboa. In: ____. Dicionário prático de literatura
brasileira. Rio de Janeiro: Tecnoprint, 1979. p. 144-146.
BRAVO-VILLASANTE, C. Dos antologías. Ínsula, Madrid, n. 204,
1963.
BRITO, Mário da Silva. Panorama da poesia brasileira. Rio de
Janeiro: Civilização Brasileira, 1959. v. 6.
BUENO, Antônio Sérgio. A antecâmara da perfeição: a celebração
dos elementos de Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 28 jan. 1973. p. 3.
________. Henriqueta Lisboa. Além da imagem. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 29 maio 1976. p. 3.
________. A mineiridade em Madrinha lua. In: LISBOA, Henriqueta.
Madrinha lua. Belo Horizonte: Coordenadoria de Cultura de
Minas Gerais, 1980. p. 7-17.
________. Casa de pedra: a edificação de uma escrita. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jul. 1984. p. 9.
Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
CAMPOMIZZI FILHO. O menino poeta. Gazeta Comercial, Juiz
de Fora, 8 jul. 1977.
________. Miradouro. Gazeta Comercial, Juiz de Fora, 8 jul. 1977.
________. Casa de pedra. Estado de Minas, Belo Horizonte, 7 ago.
1979.
CAMPOS, Geir. Convívio poético. Diário de Notícias, Rio de
Janeiro, 18 maio 1955. Quatro Cantos.
________. Madrinha lua. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 3 maio
1955. Quatro Cantos.
CANDIDO, Antonio. Notas de crítica literária – III. Folha da
Manhã, São Paulo, 21 maio 1944.
________. O menino e o poeta. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 3. Edição especial dedicada
a Henriqueta Lisboa.
CARA, Salete de Almeida. Lirismo, metáforas: uma poesia sempre
fiel às suas origens. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 28 jan.
1983.
CARPEAUX, Otto Maria. Mais livros na mesa. O Estado de S. Paulo,
São Paulo 7 mar. 1979.
CARVALHO, Abigail de Oliveira; MIRANDA, Wander Melo;
SOUZA, Eneida Maria de (org.). Presença de Henriqueta. Rio
de Janeiro: José Olympio, 1992.
CARVALHO, J. Montezuma de. ¿Para qué sirve el arte? El
Universo, Guayaquil, 13 mar. 1966. p. 4.
________. Arte e liberdade. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 10.
CARVALHO, Maristela. Henriqueta: a grande dama da poesia.
O Lutador, Belo Horizonte, 13-19 abr. 1986. Poesia e Vida.
CARVALHO, Roberto Barros de. Olhos de pesquisar enigmas.
O Risco do Ofício, Belo Horizonte, ago. 1989.
CASASSANTA, Mário. Discurso de apresentação do livro
Prisioneira da noite, da poetisa Henriqueta Lisboa, na Academia
Mineira de Letras. Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo
Horizonte, 21 jun. 1941.
CASTELO BRANCO, Wilson. Flor da morte. Diário de Minas,
Belo Horizonte, 1950.
________. Em torno da “Lírica” de Henriqueta Lisboa. Folha de
Minas, Belo Horizonte, 29 out. 1960.
________. Além da imagem. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 24 set. 1966. p. 2.
CÉSAR, Guilhermino. Prisioneira da noite. Folha de Minas, Belo
Horizonte, 29 jun. 1941.
________. A experiência do recato. Correio do Povo, Porto Alegre,
20 out. 1979. Caderno de Sábado.
________. A experiência do recato. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 22-29 dez. 1979. p. 2. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
________. O livro que aconteceu. Correio do Povo, Porto Alegre,
10 dez. 1983. Caderno de Sábado.
________. Pousada do ser. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 21 jul. 1984. p. 9. Edição especial dedicada a
Henriqueta Lisboa.
CHAVES, Ruth Maria. Rara harmonia, duro diamante. Tribuna da
Imprensa, Rio de Janeiro, 9-10 fev. 1957.
CHRYSTUS, Miriam. A poesia, há 50 anos, na vida de Henriqueta.
Jornal de Casa, Belo Horizonte, 6-12 maio 1979.
CLARK, Martin. Poetry, Villa-Lobos join Haydn, Mozart. Portland
Oregon, Portland, Feb. 5, 1979.
COELHO, Nelly Novaes. Dicionário crítico da literatura infantil/
juvenil: 1882-1982. São Paulo: Quíron, 1983. p. 327-329.
COUTINHO, Afrânio. A literatura no Brasil. Rio de Janeiro: São
José, 1959. v. 3, p. 485.
CRESPO, Ángel. Poemas de Henriqueta Lisboa. Revista de Cultura
Brasileña, Madrid, n. 28, mar. 1969. p. 3-27.
________. Poemas de Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 4. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
CUNHA, Fausto. Aproximações estéticas do onírico: estudos sobre
a expressão poética. Rio de Janeiro: Orfeu, 1967. p. 131, 132,
134, 138, 144, 150, 163, 164, 167.
DAMASCENO, Darcy. Além da imagem: a coisa por dentro.
Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 25 dez. 1964.
________. Henriqueta e a crítica de poesia. Correio da Manhã, Rio
de Janeiro, 1º set. 1968.
________. Além da imagem das coisas. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 7. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
________. Além da imagem. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 22-29 dez. 1979. p. 4. Edição especial dedicada
a Henriqueta Lisboa.
DAVID, Carlos. Henriqueta Lisboa: prisioneira da noite. Correio da
Manhã, Rio de Janeiro, 13 jun. 1953. Falando de Poesia.
DESTAQUE para os 50 anos de publicação de Enternecimento.
Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 29 dez. 1979. Caderno B.
DRUMMOND, Roberto; SANTIAGO, Evandro. Henriqueta
Lisboa do fundo azul do mundo. Estado de Minas, Belo
Horizonte, 4 maio 1969. p. 10.
DUARTE, José Afrânio Moreira. Henriqueta Lisboa, a grande dama
da poesia brasileira. Diário de Minas, Belo Horizonte, 5 jul. 1970.
________. Henriqueta Lisboa, poeta maior. Jornal de Letras, Rio de
Janeiro, jun. 1974.
________. Henriqueta Lisboa: poesia com destinatário não é do
meu feitio. Jornal de Letras, Rio de Janeiro, fev./mar. 1971.
________. Henriqueta traduzida. Estado de Minas, Belo Horizonte,
12 dez. 1974.
________. De conversa em conversa: entrevistas. São Paulo: Editora
do Escritor, 1976. p. 65-68.
________. Presença da poesia de Henriqueta. Estado de Minas,
Belo Horizonte, 3 jun. 1977.
________. Henriqueta Lisboa: lucidez e sensibilidade. Estado de
Minas, Belo Horizonte, 13 out. 1979.
________. Considerações em torno de “Pousada do ser”. Estado de
Minas, Belo Horizonte, 19 jun. 1984.
________. Querida Henriqueta: um livro essencial. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 29 dez. 1990.
Cultura e Arte. p. 6.
________. Henriqueta Lisboa: poesia plena. São Paulo: Editora do
Escritor, 1996.
DURVAL, Carlos. Poetas do modernismo. Rio de Janeiro: Instituto
Nacional do Livro, 1972. v. 5, p. 55-110. Estudo crítico.
DUTRA, W.; CUNHA, F. Biografia crítica das letras mineiras. Rio
de Janeiro: Instituto Nacional do Livro, 1956. p. 89, 109, 110.
GUIMARÃES, Ednalva. A comunicação lírica de Henriqueta.
A Cigarra, São Paulo, out. 1971. p. 96.
ENCICLOPÉDIA Delta-Larousse. Rio de Janeiro: Delta, 1960.
v. 7, p. 3489.
ENCICLOPÉDIA Barsa. Rio de Janeiro: Encyclopaedia
Britannica, 1965. v. 8, p. 341-342.
ENCICLOPÉDIA Delta Universal. Rio de Janeiro: Delta, 1985.
v. 9, p. 4839.
ENCICLOPÉDIA Literatura Brasileira da Oficina Literária
Afrânio Coutinho – OLAC. Rio de Janeiro: Ministério da
Educação/Fundação de Assistência ao Estudante, 1990. v. 2.
ENTRAMBASAGUAS, Joaquín de. Literatura brasileira. Revista
Literaria, Madrid, 1952.
FARIA, Michel Marques de. A quadrinização de “A divina comédia”:
uma análise semiótica do inferno de Dante. Universidade
Federal Fluminense. 5as Jornadas Internacionais de Histórias
em Quadrinhos, Escola de Comunicações e Artes da USP, São
Paulo, 2018.
FARIA, Octávio de. Poesia de Henriqueta Lisboa. Correio da
Manhã, Rio de Janeiro, 3 mar. 1964.
FELIPE, Carlos. Os 50 anos da poesia de Henriqueta. Estado de
Minas, Belo Horizonte, 24 jun. 1979. Mulher.
FERRAZ, Geraldo Galvão. Cala-se a voz de Henriqueta Lisboa.
O Estado de S. Paulo, São Paulo, 12 out. 1985. p. 16.
FERREIRA, Celina. Raízes inconscientes na lírica de Henriqueta
Lisboa. Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte,
9 out. 1982. p. 3-4.
FERREIRA, Délson Gonçalves. Pousada do ser. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jun. 1984. p. 2-3.
Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
FIGUEIRA, Gastón. Henriqueta Lisboa: O menino poeta. La
Nueva Democracia, fev. 1944. p. 22. Notas Bibliográficas.
________. Henriqueta Lisboa: Prisioneira da noite. Books Abroad,
Norman (Oklahoma), Apr. 1942.
________. Poesía brasileña contemporánea. Montevideo: Instituto
de Cultura Uruguayo-Brasileño, 1947. p. 82-83.
FIGUEIREDO, Guilherme. A poesia de Henriqueta Lisboa.
Correio do Povo, Porto Alegre, 28 jan. 1979.
FIGUEIREDO, Wanda. O lado humano. Estado de Minas, Belo
Horizonte, 9 fev. 1964.
FONSECA FILHO, Isnard Pereira da. Belo Horizonte bem querer:
versos sinfônicos com ásperas dissonâncias. Belo Horizonte,
2011. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira) –
Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais.
FRANCE, Sylvain. Les lettres hispano-américaines. Le Courrier
des Arts et des Lettres, Paris, 16 juil. 1948. p. 2.
FRANCESCHI, Antônio Fernando de. Louve-se esta poesia maior.
IstoÉ, São Paulo, n. 316, jan. 1983. p. 10-12.
FRANCO, José. Henriqueta. Diário de Notícias, Rio de Janeiro,
13 set. 1964.
FREIRE, Natércia. Uma breve nota. Diário de Notícias, Lisboa,
3 set. 1970. Artes e Letras.
FREITAS, Lúcio de. Poesia concreta: arte ou mistificação? Falam
os mineiros. O Diário, Belo Horizonte, 24 abr. 1957. p. 8.
FRIEIRO, Eduardo. Letras mineiras: coletânea de artigos de crítica
literária. Belo Horizonte: Os Amigos do Livro, 1937. p. 245-
251: Velário, poemas de Henriqueta Lisboa.
FROTA, Lélia Coelho. Azul profundo. Paratodos, Rio de Janeiro,
15 set. 1956. Crônica de Livros Novos.
________. Convívio: como Henriqueta Lisboa vê a poesia e os poetas.
Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 27-28 set. 1957. p. 3.
________. Um destino de silêncio. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro,
22 mar. 1975. p. 8.
GAZARIAN-GAUTIER, Marie-Lise. Gabriela Mistral: the teacher
from the Valley of Elqui. Chicago: Franciscan Herald Press,
1975. p. 92-97.
GOMES, Antônio Osmar. Sob um velário. O Diário, Salvador,
7 ago. 1940.
GOMES, Danilo. Henriqueta Lisboa ensaísta. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 12 fev. 1983. p. 5.
–––––––. Henriqueta Lisboa ensaísta. Estado de Minas Gerais,
Belo Horizonte, 10 mar. 1983. p. 5.
GIUSTI, Roberto F. Belo Horizonte y Ouro Preto. Revista da
Universidade de Minas Gerais, n. 14, set. 1964. p. 192-197.
GRAN DICCIONARIO de Autores Latinoamericanos de Literatura Infantil
y Juvenil. Henriqueta Lisboa (verbete). In: PADRINO, Jayme
Garcia (coord.). Madrid: Fundación SM, 2010. p. 534-535.
GUIMARAENS FILHO, Alphonsus de. Poesia infantil. Folha da
Manhã, São Paulo, 26 out. 1944.
________. Através de uma poesia. Revista do Livro, Rio de Janeiro,
v. 3, n. 4, dez. 1956. p. 249-253.
________. Através de uma poesia. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. p. 4. Edição especial dedicada
a Henriqueta Lisboa, 2011.
________. Discurso de saudação a Henriqueta Lisboa na Academia
Mineira de Letras. Belo Horizonte, 1969.
________. Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 21 jul. 1984. Edição especial dedicada a Henriqueta
Lisboa, 2011.
GUIMARÃES, Carmem Schneider. A dama/o azul. Estado de
Minas, Belo Horizonte, 27 jun. 1979. Henriqueta no seu jubileu
de ouro da poesia. p. 8.
________. A formação do poeta segundo um de seus maiores.
Estado de Minas, Belo Horizonte, 27 jun. 1979. Henriqueta
Lisboa no seu jubileu de ouro da poesia. p. 8.
________. Uma poesia mineira e sua mensagem universal. Estado
de Minas, Belo Horizonte, 8 maio 1984. p. 2.
GUIMARÃES, Torrieri. Bilhete a Henriqueta Lisboa. Folha da
Tarde, São Paulo, 20 dez. 1976.
GULLAR, Ferreira. Dois universos. Veja, São Paulo, n. 436, mar.
1978. p. 96-97.
HADDAD, Jamil Almansur. Madrinha lua. Folha da Manhã, São
Paulo, 14 dez. 1952.
________. Madrinha lua. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 5. Edição especial dedicada a
Henriqueta Lisboa, 2011.
HENRIQUETA Lisboa. 50 anos dedicados à poesia. Jornal de
Letras, Rio de Janeiro, jun. 1979.
HOLANDA, Sérgio Buarque de. Flor da morte. Diário Carioca,
Rio de Janeiro, 10 set. 1950.
________. Flor da morte. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 1. Edição especial dedicada a
Henriqueta Lisboa, 2011.
HORTA, Luiz Paulo. Visão profunda. Jornal do Brasil, Rio de
Janeiro, 22 jan. 1983.
________. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 11 out. 1985.
JACINTA, Maria. Henriqueta Lisboa. Espera, Rio de Janeiro,
1936.
JANSEN, Letácio. Fogo-fátuo: Henriqueta Lisboa. A Rua, Rio de
Janeiro, 20 jan. 1927. Crítica Literária.
JEAN, Yvonne. Henriqueta Lisboa. Revista da Semana, Rio de
Janeiro, 6 dez. 1947. p. 49. Personalidade da Semana.
JOBIM, Renato. De poesia e seu mundo. Diário Carioca, Rio de
Janeiro, 29 maio 1955.
JUNQUEIRA, Ivan. Henriqueta Lisboa: entre a música e o silêncio.
O Globo, Rio de Janeiro, 19 ago. 1979. p. 7.
________. Henriqueta Lisboa: entre a música e o silêncio.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 22-29
dez. 1979. p. 3. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa,
2011.
JUSTINA, Priscila; MARTINS, Roberta. Poesia traduzida em
Minas: comentários. In: QUEIROZ, Sônia; MITALLE, Karina.
Editoras mineiras: o lugar da tradução. Belo Horizonte: FALE/
UFMG, 2015. p. 65.
KOPKE, Carlos Burlamaqui. Em louvor de Henriqueta Lisboa.
Correio Paulistano, São Paulo, 10 out. 1943.
________. Faces descobertas. São Paulo: Martins, 1944. p. 129-137:
Arte de Henriqueta Lisboa.
________. Arte de Henriqueta Lisboa. Minas Gerais, Belo Horizonte,
21 fev. 1970. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
BIBLIOGRAFIA 713
________. Um inventário de peregrinações. Poesia, São Paulo, v. 1,
n. 1, dez. 1977. p. 100-101.
KOVADLOFF, Santiago (sel.). Poesía contemporánea del Brasil.
Buenos Aires: General Fabril, 1972.
LEÃO, Ângela Vaz. História das palavras. Belo Horizonte: Imprensa
da Universidade de Minas Gerais, 1961. p. 75-91: Ao lusco-fusco.
________. Evolução de um poeta. Kriterion, n. 16, Belo Horizonte,
1963.
________. Evolução de um poeta (I). Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 8 out. 1966. p. 4.
________. Evolução de um poeta (II). Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 15 out. 1966. p. 4.
LEÃO, Múcio. Registro literário. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro,
19 fev. 1937.
LEITE, José Roberto Teixeira. Lírica. Cadernos Brasileiros, Rio de
Janeiro, n. 2, jul./set. 1959.
LEITE NETTO, Alcino; MACHADO, José. Entrevista com
Henriqueta Lisboa. Voz da Verdade, Lambari, 9 maio 1976. p. 6.
LEONARDOS, Stella. Cantos de Dante. O Diário, Belo Horizonte,
22 jan. 1970.
________. Poesia: vocação desde a infância. Jornal de Letras, Rio
de Janeiro, jul. 1978. p. 3.
LEONI, G. D. Tre libri italo-brasiliani. La Settimana, San Paolo,
4-10 mar. 1970. p. 9. Asterischi.
LIMA, Alceu Amoroso. Voz de Minas. Rio de Janeiro: Agir, 1945.
LIMA, Edileide Patrícia Câmara. Linguagem de outrora na poesia
de Henriqueta Lisboa. RELACult – Revista Latino-Americana
de Estudos em Cultura e Sociedade, Foz do Iguaçu, v. 5, n. 2,
abr./ago., 2019, artigo n° 1454.
LINHARES, Temístocles. Estudos sobre poesia. Diário de Notícias,
Rio de Janeiro, 19 jun. 1955.
LINS, Ivan. Henriqueta e a Academia Brasileira de Letras.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 28 fev.
1970. p. 9. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
________. Henriqueta Lisboa (Saudação na Academia Brasileira
de Letras). Jornal do Comércio, Rio de Janeiro, 29 out. 1974.
________. A poesia de Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 30 nov. 1974. p. 10
LISBOA, José Carlos. Henriqueta. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 21 jul. 1984. p. 8. Edição especial dedicada
a Henriqueta Lisboa.
LOBO FILHO, Blanca. Interpretação da lírica de Henriqueta
Lisboa. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1965. (Edições
Movimento-Perspectiva).
________. A poesia de Henriqueta Lisboa. Trad. Oscar Mendes.
Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1966.
________. A poesia de Emily Dickinson e de Henriqueta Lisboa.
Trad. Oscar Mendes. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1973.
________. Henriqueta Lisboa: o menino poeta. Books Abroad,
Norman (Oklahoma), Apr. 1976.
________. Henriqueta Lisboa: Miradouro e outros poemas. World
Literature Today, Norman (Oklahoma), Summer 1977.
________. The poetry of Emily Dickinson and Henriqueta Lisboa.
Norwood (Pennsylvania): Norwood Editions, 1978.
________. Henriqueta Lisboa: Casa de pedra. World Literature
Today, Norman (Oklahoma), Spring 1980.
LOPES, Álvaro Augusto. À margem dos livros. A Tribuna, Santos,
8 mar. 1959.
LUCAS, Fábio. Henriqueta Lisboa: o tema e a técnica. O Estado de
S. Paulo, São Paulo, 14 mar. 1959. Crônica de Belo Horizonte.
________. Temas literários e juízos críticos. Belo Horizonte:
Imprensa Oficial, 1966. p. 95-101: Henriqueta Lisboa: o tema
e a técnica.
________. Henriqueta Lisboa: o tema e a técnica. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. p. 10.
Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
________. Horizontes da crítica. Belo Horizonte: Imprensa Oficial,
1965. p. 174-175: Henriqueta Lisboa: uma nota.
________. Henriqueta Lisboa. O Estado de S. Paulo, São Paulo,
14 nov. 1971.
________. Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 15 jan. 1972. p. 5.
________. Henriqueta Lisboa. In: ____. A face visível. Rio de Janeiro:
José Olympio, 1973. p. 70-73.
________. O alvo humano. Colóquio/Letras, Lisboa, n. 20, jul.
1974. p. 92-93.
________. O alvo humano. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 23 nov. 1974. p. 2.
________. Lira cinquentenária: Henriqueta Lisboa. Colóquio/
Letras, Lisboa, n. 52, nov. 1979. p. 73.
________. A poética de Henriqueta Lisboa. In: LISBOA,
Henriqueta. Casa de pedra. São Paulo: Ática, 1980. p. 5-8.
________. Crítica sem dogma. Belo Horizonte: Imprensa Oficial,
1983. p. 188-197: Visão de Henriqueta Lisboa.
________. O ser da poesia. Estado de Minas, Belo Horizonte, 19 fev.
1986. p. 8.
________. A poesia de Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 30 nov. 1985. p. 13.
________. Do barroco ao modernismo: vozes da literatura brasileira.
São Paulo: Ática, 1989. p. 191-198: A poesia de Henriqueta
Lisboa.
LUCAS, Fábio; MIRANDA, Wander et al. Uma correspondência
em debate. São Paulo: Memorial da América Latina, 1996.
LUZ E SILVA. O eterno dentro do efêmero. Poesia, São Paulo, jun.
1979. p. 36-39.
MACHADO, Adriana Rodrigues. A lírica essencial de Henriqueta
Lisboa. Porto Alegre, 2009. Dissertação (Mestrado em
Literatura Brasileira) – Faculdade de Letras, Pontifícia
Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
________. Rosa plena: a sagração da poesia em Henriqueta Lisboa.
Porto Alegre, 2013. Tese (Doutorado em Teoria da Literatura)
– Faculdade de Letras, Pontifícia Universidade Católica do Rio
Grande do Sul.
________. Enternecimento: a carta não enviada. In: CABRAL,
Cleber Araújo; SILVA, Marcelino Rodrigues da (org.).
Escavações e impressões: escritos sobre acervos literários e
memória cultural (edição impressa). 1. ed. Belo Horizonte:
Edições Viva Voz, 2018. v. 1, p. 11-35.
MACHADO FILHO, Aires da Mata. Críticas de estilos. Rio de
Janeiro: Agir, 1956.
________. Além da imagem. Estado de Minas, Belo Horizonte, 15 set.
1964.
________. A palavra e os silêncios na poesia de Henriqueta Lisboa.
O Estado de S. Paulo, São Paulo, 3 abr. 1977.
________. Um romance e vários poemas. O Estado de S. Paulo, São
Paulo, 13 maio 1977.
MAGALDI, Fernando. Henriqueta, bodas de ouro com a poesia.
Folha de S. Paulo, São Paulo, 26 dez. 1979. p. 15.
MALARD, Letícia. Partiram-se as cordas da viola d’amore. Estado
de Minas, Belo Horizonte, 15 out. 1985. p. 1.
MALDONADO, João C. Nova lírica: uma cidade em prosa e verso.
Folha de São Borja, São Borja, Rio Grande do Sul, 27 jan. 1979.
________. Tribuna literária. Tribuna de Petrópolis, Petrópolis, Rio
de Janeiro, 23 jan. 1983.
MARISE, Leila. Henriqueta Lisboa, prêmio de poesia 52. Última
Hora, São Paulo, 30 jan. 1953.
MARQUES, Oswaldino. A dança ritual do véu. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jul. 1984. p. 3.
Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
MARQUES, Reinaldo. Henriqueta Lisboa e o ofício da tradução.
In: Henriqueta Lisboa: poesia traduzida. Organização, introdução
e notas de Reinaldo Marques e Maria Eneida Victor Farias.
Belo Horizonte: Editora UFMG, 2001. p. 18-35.
________. Henriqueta Lisboa e a mediação cultural. Suplemento
Literário de Minas Gerais, Belo Horizonte, n. 84, jun. 2002.
p. 18-19,
________. Henriqueta Lisboa: tradução e mediação cultural.
Scripta – Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras
do Centro de Estudos Luso-Afro-Brasileiros da PUC Minas,
v. 8, n. 15, 2º sem. 2004. p. 205-212.
MARTINS, Heitor. Lírica. Diário de Minas, Belo Horizonte, 13 mar.
1959.
MARTINS, Elvira. Henriqueta Lisboa, a menina poeta. Municípios
Mineiros, Belo Horizonte, 9 abr. 1986. p. 9.
MARTINS, Wilson. Duas poetisas. O Estado de S. Paulo, São
Paulo, 7 mar. 1959.
________. A mulher no seu lugar. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro,
19 jan. 1980. p. 11.
MATOS, Aníbal. Apresentação do livro Prisioneira da noite.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jan.
1941.
MELLO, Cristina de. Vivência poética. Colóquio/Letras, Lisboa,
n. 60, mar. 1981. p. 98-99.
MENDES, Oscar. Prisioneira da noite. O Diário, Belo Horizonte,
29 jun. 1941.
________. Azul profundo. O Diário, Belo Horizonte, 1956.
________. A lírica de Henriqueta. O Diário, Belo Horizonte, 22 jan.
1959.
________. Evolução de um poeta. O Diário, Belo Horizonte, 12 jan.
1966. No Fundo dos Livros.
________. Poetas de Minas: Henriqueta Lisboa. Belo Horizonte:
Imprensa Publicações, 1970. p. 95-117.
________. Uma louvável reedição. Estado de Minas, Belo
Horizonte, 22 out. 1975.
MENDONÇA, Íris Carvalho de. Henriqueta Lisboa – Poeta das
alterosas. Diário Mercantil, Juiz de Fora, 13 mar. 1966.
MENEGALE, Heli. A poesia da sensibilidade. Folha de Minas,
Belo Horizonte, 4 jul. 1937.
________. Prisioneira que liberta. O Diário, Belo Horizonte, 6 fev.
1941.
MENEGALE, J. Guimarães. Alertada para as ricas sutilezas da
língua. Revista Leitura, Rio de Janeiro, mar. 1959.
MENEZES, Carlos. Reunidos em Casa de pedra. O Globo, Rio de
Janeiro, 3 ago. 1979.
MENEZES, Raimundo de. Henriqueta Lisboa. In: Dicionário
literário brasileiro. 2. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e
Científicos, 1978. p. 374.
MILLIET, Sérgio. Três poetas. O Estado de S. Paulo, São Paulo,
15 nov. 1945.
________. Diário crítico. São Paulo: Martins, 1945. v. 3.
________. Flor da morte e lembrança de Rilke. O Estado de S. Paulo,
São Paulo, 25 fev. 1950.
________. Panorama da moderna poesia brasileira. Rio de Janeiro:
Ministério da Educação e Cultura, 1952.
________. Sobre a face lívida. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. p. 9. Edição especial dedicada
a Henriqueta Lisboa.
MIRANDA, Wander Melo (org.). A trama do arquivo. Belo
Horizonte: Editora UFMG, 1995.
MISTRAL, Gabriela. A poesia infantil de Henriqueta Lisboa. A
Manhã, Rio de Janeiro, 26 mar. 1944. Pensamento da América,
p. 39 e 47.
________. A poesia infantil de Henriqueta Lisboa. Mensagem, Belo
Horizonte, 30 out. 1944. p. 13 e16.
________. A poesia infantil de Henriqueta Lisboa. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 2-3.
Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
MITRE Y CERRITO, B. Henriqueta Lisboa. Magisterio, Buenos
Aires, v. 3, n. 23, 30 abr. 1929. p. 5.
MORELATO, Adrienne Kátia Savazoni. As vestes do corpo e da
melancolia na poesia de autoria feminina: Cecília Meireles,
Gabriela Mistral e Henriqueta Lisboa. Araraquara, 2017. Tese
(Doutorado em Estudos de Gênero) – Faculdade de Ciências e
Letras, Universidade Estadual Paulista.
MOTA E SILVA, Gutemberg da. Henriqueta Lisboa: meio século
de poesia. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 14 abr. 1979.
MOTTA, Pascoal. Henriqueta Lisboa: constância e dignidade literária.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte,
21 ago. 1976. p. 3.
________. Poesia e humanismo: Miradouro e Caraça. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 16 abr. 1977. p. 5.
MOURA, Francisco Miguel de. Uma presença que faz silêncio.
O Estado, Teresina, 13-14 abr. 1975.
MOURA, Francisco Soares de. A poesia do Caraça. O Sudoeste –

Cidade de Passos, 14 maio 1978.
MOURÃO, Rui. Apresentação. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. Edição especial dedicada
a Henriqueta Lisboa.
________. Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. p. 1. Edição especial dedicada
a Henriqueta Lisboa.
MOUTINHO, J. G. Nogueira. Além da imagem. Folha de S. Paulo,
São Paulo, 30 maio 1965.
________. Vigília poética. Folha de S. Paulo, São Paulo, 21 jul.
1968.
________. Vigília poética. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 6. Edição especial dedicada a
Henriqueta Lisboa.
________. Henriqueta Lisboa: “Nova lírica” – I. Folha de S. Paulo,
São Paulo, 15 ago. 1971.
________. Henriqueta Lisboa: “Nova lírica” – II. Folha de S. Paulo,
São Paulo, 22 ago. 1971.
________. O alvo humano de Henriqueta Lisboa. Estado de Minas,
Belo Horizonte, 5 set. 1973.
________. Dois poetas. Folha de S. Paulo, São Paulo, 6 set. 1973.
________. A fonte e a forma. Rio de Janeiro: Imago, 1977. p. 40-
41: Além da imagem; p. 70-71: Vigília poética; p. 130-131:
Henriqueta Lisboa: Nova lírica.
________. Um mestre de poesia lírica. Folha de S. Paulo, São
Paulo, 26 jun. 1977.
________. Evocação de Henriqueta Lisboa. Folha de S. Paulo, São
Paulo, 30 set. 1979.
NASCIMENTO, Célia. Minha mãe era assim… Estado de Minas,
Belo Horizonte, 10 maio 1970.
NEVES, Ana Lúcia Maria de Souza. “Um atalho, uma clareira, coisa
assim, no caminho”: reflexões sobre os lugares de Henriqueta
Lisboa no contexto da literatura brasileira. João Pessoa, 2014. Tese
(Doutorado em Letras) – Centro de Ciências Humanas, Letras
e Artes (CCHLA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
______. O diálogo de Henriqueta Lisboa com escritoras latino-americanas.
Scripta, Belo Horizonte, v. 18, n. 35, 2014. p. 105-124.
NUNES, Cassiano. A poesia de Henriqueta Lisboa. A Tribuna,
Santos, 26 mar. 1944.
________. A face lívida. A Tribuna, Santos, 30 maio 1946.
________. A poesia de Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário
do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jul. 1984. p. 10. Edição
especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
OLIVEIRA, Alaíde Lisboa de. Aquela menina de vestido xadrez.
Estado de Minas, Belo Horizonte, 15 out. 1985. p. 1.
________. Literatura – poesia – infância e juventude. In: LISBOA,
Henriqueta. O menino poeta. Belo Horizonte: Imprensa Oficial,
1975. p. 11-32.
OLIVEIRA, Cândido Martins de. História da literatura mineira.
Belo Horizonte: Itatiaia, 1958. p. 216-217.
OLIVEIRA, José Lourenço de. Prisioneira da noite. Mensagem,
Belo Horizonte, 20 abr. 1943.
________. A face lívida. Estado de Minas, Belo Horizonte, 25 dez.
1945.
________. Poesia e Henriqueta. Suplemento Literário do Minas
Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. p. 8-9. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
________. Poesia e Henriqueta. O Estado de S. Paulo, São Paulo,
4-11-18 jul. 1970.
________. Poesia e Henriqueta. Belo Horizonte: Imprensa Oficial,
1984.
OLIVEIRA, Marly de. Intimidade com Henriqueta Lisboa, a autora
de Miradouro. José, Brasília, mar. 1979.
OLIVEIRA, Rodrigo Santos de. Cantos da morte em Henriqueta
Lisboa e Hilda Hilst. Belo Horizonte, 2010. Dissertação
(Mestrado em Literatura Brasileira) – Faculdade de Letras,
Universidade Federal de Minas Gerais.
PAES, José Paulo; MOISÉS, Massaud. Pequeno dicionário de literatura
brasileira. São Paulo: Cultrix, 1967. p. 138.
PAIVA, Dídimo. O mundo poético de Henriqueta Lisboa. Estado
de Minas, Belo Horizonte, 18 dez. 1974.
PAIVA, Kelen Benfenatti. Histórias de vida e amizade: as cartas
de Mário, Drummond e Cecília para Henriqueta Lisboa.
Belo Horizonte, 2006. Dissertação (Mestrado em Literatura
Brasileira) – Faculdade de Letras, Universidade Federal de
Minas Gerais.
________. Histórias de vida e amizade: cartas para Henriqueta
Lisboa. In: SAID, Roberto; NUNES, Sandra (org.). Margens
teóricas: memórias & acervos literários. Belo Horizonte: Editora
UFMG, 2010. p. 24-38.
________. A poesia entre montanhas: Minas nos versos de
Henriqueta Lisboa. In: DUARTE, Constância L.; DUARTE,
E. A.; ALEXANDRE, M. (org.). Falas do outro: literatura, gênero
e etnicidade. Belo Horizonte: Nandyala, 2010. p. 254-260.
________. Henriqueta Lisboa: entre cartas e literatura. Em Tese,
Belo Horizonte, v. 17, n. 2, 2011.
________. Entre cartas de Henriqueta Lisboa e Cecília Meireles.
In: GOMES, Carlos Magno; ZOLIN, Lucia Ozana (org.).
Deslocamentos da escritora brasileira. Maringá: Editora UEM,
2011. p. 145-156.
________. Henriqueta Lisboa: entre a dor recôndita e o sorriso
leve. In: ARRUDA, Aline Alves; NEVES, Ana Caroline Barreto;
DUARTE, Constância Lima; PAIVA, Kelen Benfenatti;
PEREIRA, Maria do Rosário Alves (org.). Escritas no feminino
– Aproximações. Florianópolis: Mulheres, 2011. p. 165-172.
________. Minas em versos. Diadorim – Revista de Estudos
Linguísticos e Literários do Programa de Pós-Graduação em
Letras Vernáculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro,
v. 9, jul. 2011.
________. Nos bastidores do arquivo literário: Henriqueta Lisboa
entre versos e cartas. Belo Horizonte, 2012. Tese (Doutorado
em Literatura Brasileira) – Faculdade de Letras, Universidade
Federal de Minas Gerais.
PALÚ, C. M. Lauro, Pe. Montanha viva / Mons vivus. Suplemento
Literário do Minas Gerais, 26 mar. 1977. p. 5.
________. Celebração dos elementos de Henriqueta Lisboa.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 26 nov.
1977. p. 6-7.
________. Henriqueta Lisboa – Poeta do humano. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 22-29 dez. 1979.
p. 6-7.
_______. Pequena antologia didática sobre o homem em
Reverberações. Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo
Horizonte, 22-29 dez. 1979. p. 8. Edição especial dedicada a
Henriqueta Lisboa.
________. Ser e celebração. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 16 out. 1982. p. 2.
PAULINI, Lívia. A pousada de Henriqueta Lisboa. Belo Horizonte:
Sociedade Amigas da Cultura, 1983.
________. Henriqueta Lisboa: uma poetisa mineira e sua mensagem
universal. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1984.
________. Henriqueta Lisboa: presença e luz. Ensaio trilíngue: português/
inglês/húngaro. Belo Horizonte, 2001.
PEDROSA, Milton. Henriqueta Lisboa e o papel da mulher intelectual
na sociedade. Vamos Ler!, Rio de Janeiro, set. 1941.
PILÓ, Conceição. Sob a égide de Henriqueta. Belo Horizonte:
Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais, 1986.
PÓLVORA, Hélio. Nova lírica. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 22
jan. 1974.
PONTES, Eloy. Velário. O Globo, Rio de Janeiro, 1936.
QUEIRÓS, Bartolomeu Campos de. Da poesia da infância.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jul.
1984. p. 11. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
QUEIROZ, Maria José de. Além da imagem. Suplemento Literário
do Minas Gerais, Belo Horizonte, 26 fev. 1970. p. 9. Edição
especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
________. Henriqueta Lisboa: do real ao inefável. In: LISBOA,
Henriqueta. Miradouro e outros poemas. 2. ed. Rio de Janeiro:
Nova Fronteira, 1976. p. 9-15.
________. A lírica de Henriqueta Lisboa e a tentação do silêncio.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 11 mar.
1972. p. 2-3.
RAMOS, Jorge. Henriqueta Lisboa: poeta da morte. Diário de
Minas, Belo Horizonte, 22 jan. 1958, e Jornal de Notícias,
Lisboa, 16 fev. 1958.
________. Henriqueta Lisboa. Época, Lisboa, 26 fev. 1974.
RAMOS, Maria Luiza. Fala aos leitores Henriqueta Lisboa. Diário
de Minas, Belo Horizonte, 6 jan. 1952.
________. Henriqueta Lisboa, poeta da morte. Diário de Minas,
Belo Horizonte, 2 jun. 1959.
________. Aspectos do Romanceiro da Inconfidência. Belo
Horizonte: Imprensa Oficial, 1960. p. 50-63.
________. O ritmo elegíaco. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 1º
jun. 1963.
________. O ritmo elegíaco. Suplemento Literário do Minas Gerais,
Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 6. Edição especial dedicada a
Henriqueta Lisboa.
RAMOS, Péricles Eugênio da Silva. Poesia moderna: Henriqueta
Lisboa. São Paulo: Melhoramentos, 1967.
RANGEL, Paschoal. Essa mineiríssima Henriqueta: ensaio de interpretação
da obra poética de Henriqueta Lisboa. Belo Horizonte:
O Lutador, 1987.
________. O romanceiro de Henriqueta Lisboa em “Madrinha
lua”. Belo Horizonte: O Lutador, 1996.
REIS, Carla Francine da Silva. Meninices de uma poetisa: um estudo
de O menino poeta, de Henriqueta Lisboa. Assis (SP), 2014.
Dissertação (Mestrado em Letras) – Faculdade de Ciências e
Letras, Universidade Estadual Paulista (Unesp).
REIS, José Orsine. Que pintora teria sido Henriqueta, se a poesia
não a “aprisionasse”? O Estado, Niterói, 19 ago. 1951.
RESENDE, Otto Lara. A carta enigmática do Vinicius. O Globo,
Rio de Janeiro, 30 dez. 1990.
REZENDE, Márcia Eliza. A lírica de Henriqueta Lisboa e a dialética
do transcendente. Brasília: Universidade de Brasília, 1984.
________. Tendências metafísicas na lírica de Henriqueta Lisboa.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jul.
1984. p. 4. Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
RIBEIRO, Ana Elisa. “Terá valido a pena a persistência?…” Publicação
e circulação de poesia na correspondência de Henriqueta Lisboa.
Revista Araticum. Programa de Pós-Graduação em Letras/
Estudos Literários – Universidade Estadual de Montes Claros
(Unimontes), 2016. v. 13, n. 1.
________. Edição e legitimação literária: vestígios em cartas de
escritoras mineiras do século XX. In: Anais do XXXIX Congresso
Brasileiro de Ciências da Comunicação. São Paulo: Intercom,
2016. v. 1.
RIBEIRO, Leo Gilson. Inconfundível marca diáfana, abstrata.
O Estado de S. Paulo, São Paulo, 18 fev. 1976. p. 17.
________. Na singeleza dos versos, a revelação de uma poetisa
inigualável. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 8 set. 1979. p. 6.
________. Rara poesia. Veja, São Paulo, n. 333, 22 jan. 1975.
p. 73-74.
RODRIGUES, Geraldo Pinto. Fidelidade à poesia: Casa de pedra.
O Estado de S. Paulo, São Paulo, 23 dez. 1979. Suplemento
Cultural, p. 7.
RODRIGUES, José Mário. Conversando com Henriqueta Lisboa.
Jornal do Commercio, Recife, 14 mar. 1976. p. 3.
ROMITI, Elena. Las poetas fundacionales del Cono Sur: aportes
teóricos a la literatura latinoamericana. Montevideo: Biblioteca
Nacional del Uruguay, 2013.
ROSSI, Edmundo. Poesia de Henriqueta Lisboa. O Estado,
Niterói, 17 nov. 1945.
________. Poesia de Henriqueta Lisboa. Jornal de São Paulo, 23 nov.
1945.
ROSSI, Giuseppe Carlo. Letteratura femminile nel Brasile d’oggi.
L´Osservatore Romano, Roma, 21-22 febbr. 1977. p. 3.
________. Lirica ibero-americana de ieri e di oggi. L´Osservatore
Romano, Roma, 7 luglio. 1977. p. 3.
________. Poesia brasiliana d’oggi. L´Osservatore Romano, Roma,
30 genn. 1980.
SALLES, Heráclio. Convívio poético. Jornal do Brasil, Rio de
Janeiro, 2 nov. 1961.
SÁNCHEZ-SAEZ, Braulio. La poética de Henriqueta Lisboa. La
Calle, Río Cuarto, 29 mar. 1964.
SANT’ANNA, Affonso Romano de. Minha amizade nada tem de
confortável. O Globo, Rio de Janeiro, 19 dez. 1990.
SANTIAGO, Silviano. Tesouro mineiro. Veja, São Paulo, n. 578,
3 out. 1979. p. 77.
SCHETTINO, Lacyr. A aventura espiritual de Henriqueta Lisboa:
discurso de posse na Academia Mineira de Letras, sucessão
na Cadeira 26. Revista da Academia Mineira de Letras, Belo
Horizonte, 1986. p. 9-35. Recepção à acadêmica, Lacyr Schettino.
________. Dedicação e profundidade: Henriqueta no seu jubileu
de ouro da poesia. Estado de Minas, Belo Horizonte, 27 jun.
1979. p. 8.
SCHMIDT, Paulo; SOUZA, Eneida Maria de. Mário de Andrade
– Carta aos mineiros. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1997.
SCHÜLER, Donaldo. As palavras como pousada do ser. O Estado
de S. Paulo, São Paulo, 3 fev. 1983.
________. As palavras como pousada do ser. Suplemento Literário
do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jul. 1984. p. 10. Edição
especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
SENNA, Homero. Além da imagem. Correio da Manhã, Rio de
Janeiro, 15 fev. 1964. Livros da Semana.
SILVA, Belchior Cornélio da. Do irmão Lourenço a Henriqueta
Lisboa. O Diário, Belo Horizonte, 7 jun. 1961.
SILVA, Domingos Carvalho da. O movimento modernista brasileiro
está perfeitamente realizado. Correio Paulistano, São Paulo,
25 fev. 1945.
SILVEIRA, Alcântara. Poesia. Folha da Manhã, São Paulo, 20 jan.
1946.
SILVEIRA, Homero. Convívio poético. Diário de São Paulo, São
Paulo, 25 jul. 1955.
SIMÕES, João Gaspar. Romantismo e verbalismo. A Manhã, Rio
de Janeiro, 12 ago. 1951. Letras e Artes.
________. Romantismo e verbalismo. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 fev. 1970. p. 5. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
SOARES, Dirceu. Ela é a primeira mulher imortal. Alterosa, Belo
Horizonte, 10 nov. 1963. p. 3.
SOUZA, Eneida Maria de. Mário retorna a Minas. In: ____. Traço
crítico. Belo Horizonte: Editora UFMG; Editora UFRJ, 1993.
________. Vozes de Minas nos anos 40. In: RIBEIRO, Gilvan
Procópio; NEVES, José Alberto (org.). Murilo Mendes – O visionário.
Juiz de Fora: Editora da UFJF, 1997. p. 71-87.
________. A dona ausente: Mário de Andrade e Henriqueta Lisboa.
In: GALVÃO, Walnice; GOTLIB, Nádia (org.). Prezado Senhor,
prezada senhora: estudo sobre cartas. São Paulo: Companhia
das Letras, 2000.
________. Correspondência Mário de Andrade e Henriqueta
Lisboa. São Paulo: Peirópolis e Edusp, 2010.
SOUZA, Olney Borges Pinto de. O privilegiado Miradouro. Diário
de São José dos Campos, São José dos Campos, 25 dez. 1976.
________. Reverberações. Diário de São José dos Campos, São José
dos Campos, 28 maio 1977.
STEEN, Edla van. Henriqueta, unida aos homens e a Deus.
O Estado de S. Paulo, São Paulo, 5 maio 1984. Caderno de
Programas e Leitura, p. 4.
________. Henriqueta, unida aos homens e a Deus. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 21 jul. 1984. p. 6-7.
Edição especial dedicada a Henriqueta Lisboa.
SUTILO, Mercedes Lisboa. Uma hora na trama inefável de
Henriqueta Lisboa. Santos: Academia Feminina de Ciências.
Letras e Artes, 1987.
TEIXEIRA, Maria de Lourdes. Henriqueta Lisboa, mensageira
de Minas Gerais. Folha da Manhã, São Paulo, 1º fev. 1953.
Movimento Literário, p. 3.
UCHÔA, Ângela Maria. Henriqueta Lisboa: bibliografia. Belo
Horizonte: Escola de Biblioteconomia da UFMG, 1968.
________. Henriqueta Lisboa: bibliografia (1925-1991). Belo
Horizonte: Editora Cedáblio, 1992.
VARGAS, Milton. A lírica de Henriqueta Lisboa. Diálogos, São
Paulo, n. 12, fev. 1960. p. 79-81.
VEADO, Lúcia. Poetisa Henriqueta Lisboa. Estado de Minas, Belo
Horizonte, 20 set. 1959. A Mulher de Nossos Dias, p. 10.
VIANNA, Solena Benavides. O panorama feminino no Brasil visto
por Gabriela Mistral. Pensamento da América, Rio de Janeiro,
26 ago. 1945. p. 99.
VIEIRA, José Geraldo. Poesias antíscias. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 28 fev. 1970. p. 4. Edição especial
dedicada a Henriqueta Lisboa.
VIRGILLO, Carmelo. Henriqueta Lisboa – Poemas escolhidos. Books
Abroad, Norman (Oklahoma), 49, n. 2, Spring 1975. p. 308.
________. Sobre Henriqueta Lisboa, em FOSTER, David W.;
REIS, Roberto (ed.). A dictionary of contemporary brazilian
authors. Tempe (Arizona): Center for Latin-American Studies,
1981. p. 73.
________. Sobre Henriqueta Lisboa. Suplemento Literário do
Minas Gerais, Belo Horizonte, 29 maio 1982. p. 24.
________. A criação poética como um reflexo no espelho.
Suplemento Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 17 ago.
1985. p. 8.
________. A imagem de mulher em “Frutescência” de Henriqueta
Lisboa. Tradução e Comunicação, São Paulo, n. 7, dez. 1985.
p. 57-80.
________. The image of woman in Henriqueta Lisboa´s
“Frutescência”. Luso-Brazilian Review, Madison (Wisconsin),
v. 23, n. 1, 1986. p. 89-106.
________. Sharing the unsharable: a close reading of Henriqueta
Lisboa’s “Do supérfluo”. Cadernos de Linguística e Teoria da
Literatura – Ensaios de Semiótica, Belo Horizonte, n. 18-20,
1987-1988. p. 237-259.
________. Vida y obra de Gabriela Mistral. In: MARTING, Diane;
ORDOÑEZ, Montserrat (ed.). Escritoras hispanoamericanas.
Bogotá: Siglo XXI, 1990. p. 337.
________. Henriqueta Lisboa: bibliografia analítico-descritiva –
1925-1990. Rio de Janeiro: José Olympio, 1992.
WALLIS, Marie Pope. Modern women writers of Brazil.
Albuquerque (New Mexico): University of New Mexico, 1972.
p. 33-37.
YUNES, Eliana. A poesia na literatura infantil. Suplemento
Literário do Minas Gerais, Belo Horizonte, 27 jul. 1985.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com