A origem do beija-flor – release

Edição bilíngue, de autoria de Yaguarê Yamã, é o segundo lançamento da coleção de livros infantojuvenis dedicados ao resgate de línguas ameaçadas de extinção.

 

FICHA TÉCNICA

A origem do beija-flor: Guanãby Murũ-gáwa

Autor: Yaguarê Yamã

Ilustradora: Taisa Borges

Formato:25x23cm

Nº de páginas: 36

ISBN: 978-85-7596-246-6

Preço: R$ 28,00

 

A Editora Peirópolis lança, no dia 6 de julho, às 16h, no espaço da Livraria da Vila na Flipinha, durante a Feira Literária Internacional de Paraty (FLIP), a obra A origem do beija-flor: Guanãby Murũ-Gáwa, do escritor e filho do povo indígena Maraguá, Yaguarê Yamã, com ilustrações de Taisa Borges. O livro, em edição bilíngüe – português e maraguá – integra a coleção Peirópolis Mundo, primeira linha brasileira de livros infantojuvenis dedicada ao resgate de línguas ameaçadas de extinção. Aqui, o líder indígena conta a versão dos Maraguá para o surgimento desse misterioso ser.

A fábula conta a história de Guanãby e Potyra, mãe e filha, que sucumbiram diante da dor da perda de um ente querido, mas cujas vidas levaram ao surgimento do beija-flor, fruto do amor e carinho de ambas. “A fábula fala sobre a importância do amor, do carinho e da saudade. Fala sobre como devemos dar valor às coisas simples e únicas da vida”, diz Yaguarê.

Atualmente, os Maraguá se distribuem em quatro aldeias, todas nas margens do rio Abacaxis, e sua população na área não ultrapassa 200 pessoas. Segundo o autor, hoje há apenas pouco mais de 10 pessoas falantes da língua Maraguá. “Esse idioma é um dos mais lindos do Brasil. Poder falar em Maraguá é poder homenagear meu pai, com quem o aprendi. Tenho uma grande preocupação em divulgá-lo, pois ele é a alma do meu povo. Se o deixarmos, também morreremos”, explica o líder indígena.

A história também pode ser ouvida em Maraguá no link www.editorapeiropolis.com.br/peiropolismundo. Além do livro A origem do beija-flor: Guanãby Murũ-Gáwa, a editora é responsável também pela publicação da obra Grande assim: uTshepo Mde, de autoria de Mhlobo Jadezweni, em IsiXhosa – primeiro lançamento da coleção Peirópolis Mundo sobre uma das inúmeras línguas africanas ameaçadas de extinção.

 

Sobre o autor:

Yaguarê Yamã é nascido no Amazonas e é filho do povo indígena Maraguá. É escritor e professor de Geografia formado pela Universidade de Santo Amaro.  Morou por vários anos em São Paulo, onde apresentou diversas palestras e lecionou na rede pública aonde iniciou suas atividades como escritor, na companhia de seus amigos Daniel Munduruku e Renê Kinthaulu.

De volta ao Amazonas, decidiu se engajar como ativista indígena na luta pela demarcação das terras de seu povo e por sua organização política. Atualmente, com 36 anos, e como todo indígena seminômade, depois de passar por cidades e aldeias, mora em Parintins, à margem direita do rio Amazonas. Continua a lecionar Geografia e Artes na rede estadual de ensino, mas sem tirar o pé dos eventos e das atividades com seus livros no Sul e Sudeste do país.

Além de escritor, professor, geógrafo e liderança indígena, é ilustrador e artista plástico, especialista em grafismos indígenas. Em seu tempo livre, pinta telas de motivo tradicional, valorizando os símbolos chaves da mitologia dos povos amazônicos.

Sobre a ilustradora:

Desde criança, Taisa Borges gosta de contar histórias. A menina faladeira foi percebendo que as palavras não eram suficientes para se expressar. Quando pintou seu primeiro quadro, se deu conta de que uma imagem “esconde” inúmeras palavras. Desde então, Taisa fala pouco e conta muitas histórias. Depois de graduar-se em Artes Plásticas, estudou artes e desenho de moda em Paris. De volta a São Paulo, desenvolveu estampas e trabalhou com design gráfico. Hoje, a artista plástica dedica-se à ilustração infantil. É autora dos quatro livros que integram a coleção “Livro de imagem”, da Editora Peirópolis.

Sobre a Editora Peirópolis

Criada em 1994, a Editora Peirópolis tem como missão contribuir para a construção de um mundo mais solidário, justo e harmônico, publicando literatura que ofereça novas perspectivas para a compreensão do ser humano e do seu papel no planeta. Suas linhas editoriais oferecem formas renovadas de trabalhar temas como ética, cidadania, pluralidade cultural, desenvolvimento social, ecologia e meio ambiente – por meio de uma visão transdisciplinar e integrada. Além disso, é pioneira em coleções dedicadas à literatura indígena, à mitologia africana e ao folclore brasileiro. A editora está afinada com os propósitos do terceiro setor, participando ativamente do crescente movimento de sua profissionalização.  Para saber mais sobre a Peirópolis, acesse www.editorapeiropolis.com.br

 

Lançamento:A origem do beija-florcom sessão de autógrafos e presença do autor Yaguarê Yamã.

Quando: 06 de julho

Onde: Espaço da Livraria da Vila na Flipinha – Feira Literária Internacional de Paraty (FLIP)

Horário: às 16h

Endereço: Praça da Matriz, s/nº – Paraty – Rio de Janeiro.
Site: http://www.flipinha.org.br/
Informações para a imprensa – Editora Peirópolis:

COMMUNICA BRASIL

PABX: (11) 3868-0300

Andrea Funk – andrea@communicabrasil.com.br

Samantha Oliveira – samantha@communicabrasil.com.br

Kelle Momesso – kelle@communicabrasil.com.br

www.communicabrasil.com.br

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com