A princesa e o seu Black Power

Um princesa… com cabelo Black Power? Sim, é isso mesmo! Vencedor do prêmio ProAC de Cultura Negra em 2012, o lançamento O mundo no Black Power de Tayó, de Kiusam de Oliveira e ilustração de Taisa Borges, conta a história de uma bela garotinha negra que tem orgulho de seu cabelo Black Power e o enfeita das mais diferentes maneiras. A garota, que esbanja uma alegria capaz de contagiar a todos à sua volta, nunca deixa de recordar a história e a importância de seus antepassados africanos. Com a lembrança de seus ancestrais e uma imaginação enorme, a pequena Tayó sabe que é mesmo uma princesa.

Para entender melhor a pequena Tayó, confira abaixo a apresentação do livro, preparada pelo escritor e jornalista Oswaldo Faustino:

“Não é por acaso que os cabelos Black Power têm o formato circular do universo. A circularidade é a base fundamental das culturas de matriz africana. Deixar os cabelos crescerem livres, soltos, redondos, harmônicos em todos os sentidos, foi a forma encontrada, na distante década de 1960, pela juventude afro-americana e, depois, por homens e mulheres afros do mundo todo, de marcar sua identidade e o orgulho de sua origem africana.

Mesmo tão pequenina, sem esses conhecimentos históricos, Tayó sente isso – sentir é muito mais profundo do que saber. E sente porque se espelha nos cabelos da mãe, para quem “ser bela” é sinônimo de se reconhecer e de ser feliz. Para as pessoas realmente felizes não há limites na criatividade de “brincar” com a própria beleza, tornando-a ainda mais esplendorosa. Sentir a necessidade de buscar outros padrões de beleza pode estar associado a uma insatisfação causada pelo desconhecimento de referências positivas em nossa própria origem. E o Black Power de Tayó é uma boa referência.

Tayó é uma princesinha que chega em forma de espelho para que outras princesinhas se mirem, se reconheçam e cresçam, cumprindo a única missão que nos foi dada, ao virmos  viver nesse planeta: a de sermos felizes.

Mais uma vez Kiusam de Oliveira nos presenteia com uma linda história de princesa, como aquelas que ela já contou e muitas outras que, certamente, nascerão da criatividade e dos conhecimentos dessa grande escritora que, há muito tempo, também se descobriu Tayó.”

princesa_Tayó

2 Comments

  • Kiusam de Oliveira Posted 12 de agosto de 2013 19:53

    Esse foi um texto feito com muito amor em homenagem à minha mãe e a todos os seus ensinamento compartilhados comigo. Aprendi com ela a amar minha negritude e minhas características pessoais. Obrigada Editora Peirópolis por ter possibilitado ter meu sonho transformado em realidade.

  • Cássia Piva Posted 4 de setembro de 2013 13:00

    É incrível como o nosso conceito de beleza é dominado por um padrão europeu. Imagino o que sofrem as afro-brasileiras neste país. ADMIRO MULHERES QUE CONSEGUEM ESTA SUPERAÇÃO.
    PARABÉNS PELA OBRA.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com