A terra dos mil povos – Prefácio

Prefácio de Janice Thiel

 

Aprendi com Kaká Werá Jecupé que as palavras traduzem o espírito, que o espírito é música e que o corpo expressa essa música. Portanto, as palavras devem ser proferidas en-cantando e entoando a porção de luz que mora no coração. Com Werá Jecupé aprendi que existem vozes que entoam os saberes dos povos indígenas brasileiros. Sua voz constitui esta obra, A terra dos mil povos, originária de sua percepção e reflexão sobre esses saberes da tradição oral milenar, que em sua primeira edição, em 1998, também deu origem a uma tradição estética e literária indígena escrita.

O autor inaugura, portanto, uma expressão literária que torna visível a voz nativa brasileira, apagada ou esquecida por séculos de colonização. A literatura indígena de expressão oral sempre fez parte da cultura indígena. Mais de 200 povos indígenas habitam o Brasil hoje e seus conhecimentos e histórias míticas e sagradas têm sido compartilhadas por gerações, sustentando o vínculo entre elas e mantendo vivas tradições milenares.

Assim, aprendi com a obra de Jecupé que existe, sim, literatura indígena brasileira, que deve ser lida conforme parâmetros próprios de autoria, gênero literário e construção multimodal. Quando ouvi pela primeira vez o nome do autor em uma aula, preparando-me para o doutorado, tornei-me consciente de quanto desconhecia as diferentes vertentes da literatura brasileira e como o letramento que recebemos na escola não nos prepara para ler essa literatura e compreender sua complexidade. Portanto, a publicação de obras indígenas faz mais do que promover a inclusão das etnias nativas: promove o letramento histórico, literário, cultural e crítico de leitores e cidadãos.

A obra A terra dos mil povos tornou-se corpus de minha pesquisa, mas representou muito mais que material de análise literária: fez com que reconhecesse lacunas de formação leitora em nossa educação escolar, que resultam em estereótipos relacionados aos nativos. Portanto, a obra A terra dos mil povos promove a percepção de como as tradições indígenas das Américas contribuem para a diversidade de conhecimentos, perspectivas e a construção de novas visões de mundo para índios e não índios.

Em sua obra, Werá Jecupé traduz para leitores das mais diversas etnias o que significa ser índio, outra perspectiva da história dos povos indígenas brasileiros, sua diversidade e a relevância da memória cultural. Lacunas de conhecimento sobre a presença e contribuição indígena são preenchidas, bem como são adicionadas informações sobre a influência da colonização sobre as etnias indígenas desde o primeiro contato até hoje.

Jecupé destaca o valor dos nomes, recebidos ou escolhidos e, nesta edição, traz algo que não havia na primeira publicação: o autor inclui um capítulo com nomes representativos das culturas indígenas brasileiras e suas biografias. Jecupé constrói uma linhagem destacando líderes indígenas que fazem parte da história e memória brasileiras por sua voz de resistência à supressão das culturas indígenas, com projetos nas mais variadas áreas de atuação como cidadãos.

A literatura indígena brasileira trilha, desde a primeira publicação de A terra dos mil povos, uma trajetória de valorização e reconhecimento, por meio de premiações, estudos e eventos acadêmicos e midiáticos. Surgiram ao longo desses anos nomes que têm promovido o protagonismo indígena e projetado a literatura e as culturas nativas, tais como Daniel Munduruku, Eliane Potiguara, Graça Graúna e Davi Kopenawa, entre outros. Além disso, diversas nações indígenas têm publicado sua História e histórias, divulgando sua cultura.

Saúdo o empenho de Werá Jecupé e de todos os envolvidos nesta segunda edição da obra A terra dos mil povos. Que este livro possa novamente ser gerador de mudanças e pensamentos no sentido de conhecer e respeitar a diversidade cultural e literária brasileira, em especial das etnias indígenas, presentes nesta terra há milênios, e que contribuem com saberes tão relevantes no mundo de hoje.

 

Baixe o PDFPREFACIO TERRA DOS MIL POVOS

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com