Fausto – apresentação

por Christine Röhrig

Certo dia, Deus estava conversando com seus arcanjos no céu e estes elogiavam a obra divina, a Terra e seus habitantes, mas Mefistófeles, o anjo das trevas, era de outra opinião. Dizia que a Terra e os homens não valiam nada e garantia que, se Deus deixasse o destino de Fausto em suas mãos, conseguiria levá-lo para o mau caminho. Deus acabou aceitando o desafio e permitiu que Mefistófeles tentasse afastar Fausto, exemplo de homem bom e esforçado, da graça divina.

O erudito professor doutor Henrique Fausto, conhecedor de botânica, filosofia, medicina, jurisprudência, agricultura, astrologia e matemática, versado nas ciências, está insatisfeito e desiludido com a vida, que não lhe trouxe todo o conhecimento desejado. Entrega-se, então, à magia, para ver se consegue desvendar os mistérios da existência e do universo.  Anseia assim transformar-se numa espécie de deus, igualar-se aos espíritos, e poder ter acesso ilimitado a todas as manifestações da natureza. Frustrado por, afinal, não alcançar o mundo dos espíritos, Fausto pensa até em tomar veneno e acabar com a própria vida.

Mefistófeles, o diabo em pessoa, entra em cena e se oferece para conduzi-lo a um novo universo, em que poderá vivenciar o prazer, a alegria e o amor, controlar os sentimentos, as pessoas e o tempo. Em troca, Fausto deverá entregar-se a ele. E se isso acontecer, o diabo terá vencido a aposta com Deus. Fausto aceita fazer um pacto, mas impõe uma condição:  a de que somente entregará sua alma ao diabo se um dia chegar a pedir ao Diabo que fique.

Pacto feito, os dois passeiam pela rua quando Fausto vê Margarida saindo da missa. Instantaneamente apaixonado, Fausto ordena que Mefisto dê um jeito de aproximá-lo da moça. Mas o diabo não tem poder sobre ela porque Margarida, com sua virtude, pureza, inocência e fé está muito próxima de Deus. Fausto insiste e Mefistófeles, usando de truques baixos, acaba aproximando Fausto de Margarida.

Assim inicia-se a tragédia de Margarida, que é seduzida por um Fausto rejuvenescido por uma bebida preparada na cozinha das bruxas e fica grávida. Desesperada, ao nascer a criança, ela comete infanticídio, e por isso acaba sendo presa. Fausto, por sua vez, é atormentado pelo dilema entre dois extremos: de um lado, o amor pela jovem Margarida, pura, inocente, piedosa, virtuosa; e de outro, as facilidades oferecidas por Mefistófeles e seu pacto.

 

Facebook
Instagram