"Mobilizar para transformar" aborda questão crucial para ONGs

Sobre o livro

Mobilizar para transformar reúne os resultados de um programa criado pela Oxfam para apoiar as entidades do Terceiro Setor na busca por recursos sem comprometer a sua autonomia.

O livro traz, através do processo vivido por oito organizações que implantaram o Programa de Mobilização de Recursos (PMR) criado pela Oxfam em 1999, os desafios e dilemas vividos e as soluções encontradas para a questão que é hoje crucial para a atuação das organizações não-governamentais no país. Pela ótica do PMR, a mobilização de recursos deve ser tratada como uma das formas de se promover o engajamento social e o fortalecimento da organização.

As oito organizações presentes no livro são: Assema ? Associação em Áreas de Assentamento no Estado do Maranhão; AQCC – Associação Quilombola Conceição das Crioulas; EPC ? Escola Pernambucana de Circo; Ação Educativa; Ibase ? Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas; Ashoka; Aliança Interage; Abong ? Associação Brasileira de Ongs.

Veja, no site da Ação Educativa, matéria que aborda o impacto do PMR no contexto da Ong.

Confira, a seguir, o texto de orelha e o sumário de Mobilizar para transformar.

Orelhas

São muitos os desafios enfrentados pelas organizações do Terceiro Setor no Brasil. Desde sua afirmação como novos atores sociais em um país em processo de redemocratização, as Ongs têm sido confrontadas a múltiplas questões, muitas delas relacionadas à sua sustentação e autonomia enquanto sujeito político.

Se, em um primeiro momento, algumas organizações puderam contar com o apoio de entidades internacionais, que lhes garantiam o sustento sem ameaçar sua autonomia, a demanda por esses mesmos recursos em outros países fez com que as Ongs brasileiras tivessem que encontrar outras formas de garantir suas atividades.

Neste panorama, as organizações que se dedicam à luta pela defesa de direitos, atuando em um plano político propriamente dito, são as que enfrentam os maiores desafios. Como convencer aqueles que detêm recursos financeiros a investir em suas propostas e garantir sua sobrevivência, sem nenhuma interferência sobre sua autonomia do ponto de vista ético e político, condição para sua legitimidade institucional?

Foi em busca de respostas para essa questão que a Oxfam do Brasil criou, em 1999, o PMR ? Programa de Mobilização de Recursos ?, trazendo para essas organizações uma perspectiva inovadora de sustentabilidade. Segundo essa perspectiva, a mobilização de recursos passa a ser tratada não como um obstáculo a ser superado, mas como parte integrante do processo de promoção do engajamento social e da educação cidadã. Com isso, ganha uma nova dimensão, deixando de ser apenas mais um entrave para tornar-se uma questão crucial em seu programa de ação.

Neste livro, o leitor encontrará a sistematização de aprendizados de oito organizações sociais brasileiras que passaram pelo PMR entre 2002 e 2007. Todas elas aceitaram o desafio de incorporar a mobilização de recursos como estratégia de sustentabilidade própria e setorial, fortalecendo-se como sujeitos políticos autônomos engajados na defesa de direitos, no aprofundamento da democracia e no processo mais amplo de transformação da sociedade.

Sumário

Apresentacao 9
Introducao 11
Cap. 1 O PMR ? Convite a Inovacao 15
Cap. 2 O Contexto ? Desafi o da Sustentabilidade 27
Cap. 3 A Organizacao ? Caminhos da Mudanca 39
Cap. 4 A Comunicacao ? Um Ato Politico 47
Cap. 5 O Planejamento ? Horizonte Orientador 61
Cap. 6 A Estrategia ? Ponte para o Futuro 73
6.1 Prestacao de Servicos e Comercializacao de Produtos 89
6.2 Mobilizacao de Apoiadores Individuais 97
6.3 Mobilizacao de Recursos Publicos 111
6.4 Mobilizacao de Recursos Empresariais 127
Cap. 7 A Difusao ? Aprender e Compartilhar 148
Cap. 8 A Sociedade ? Legitimidade e Sustentabilidade das Ongs 165

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com