Macunaíma em quadrinhos vai ter que esperar

CAPALOMBADAORELHAPBA Editora Peirópolis preparou para a Festa Literária Internacional de Paraty, que aconteceu entre 1.º e 5 de julho, o pré-lançamento do álbum Macunaíma em quadrinhos, por Angelo Abu e Dan X. Mário de Andrade (1893- 1945), autor de Macunaíma e um dos expoentes do Modernismo brasileiro, é o homenageado da FLIP.

O pré-lançamento consistiu na divulgação da HQ Antropofagofagia72, um álbum de apenas seis páginas que narra em quadrinhos o dissabor dos autores quando souberam que a quadrinização inédita de Macunaíma, que já estava pronta para ser lançada, teria que aguardar o dia 1 de janeiro de 2016, quando a obra efetivamente entra em domínio público.

“Ao consultar os herdeiros, soubemos que eles haviam dado exclusividade de quadrinização para outro editor. Ainda não sabemos que resultado terá a quadrinização autorizada, mas já conhecemos as impressões dos primeiros leitores sobre o álbum de Angelo Abu e Dan X”, conta a editora Renata Farhat Borges.

A versão em quadrinhos de Macunaíma está circulando entre quadrinistas, artistas e críticos literários. Laudo Ferreira, desenhista que quadrinizou Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, para a mesma coleção, e é fã da obra do modernista, foi um dos primeiros leitores da HQ e observou: “A adaptação do Abu está fantástica e é uma pena privar os leitores de verem essa bela e fabulosa homenagem ao Mário de Andrade”.

O lançamento é o número 15 da coleção Clássicos em HQ, que já publicou obras como Dom Quixote em quadrinhos, por Caco Galhardo, Os Lusíadas em quadrinhos, por Fido Nesti, Odisseia, por Piero Bagnariol, entre outros títulos, vários deles indicados finalistas do troféu HQMix e mais recentemente no Jabuti, que passou a incluir em 2015 a categoria Adaptação.

 

 

 

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com